Home  > 

Com parcerias, startup Airfox busca aumentar poder de crédito das classes C, D e E

Da Redação

05/08/2019 às 11h30

Foto: Shutterstock

A Airfox, startup de serviços financeiros, anunciou na última semana, uma parceria com a ZestFinance, de inteligência artificial, e com a Via Varejo, para desenvolver um novo modelo de microcrédito com infraestrutura algorítmica que, segundo a companhia, é baseada em uma análise de risco mais igualitária. De acordo com a startup, o objetivo da parceria é usar machine learning e análise preditiva para ampliar oportunidades de crédito para populações carentes sem implicar em maior risco.

A Airfox trabalha em uma imagem digital holística e transparente do potencial de crédito de um indivíduo para expandir os serviços de microcrédito, oferecer taxas de juros mais baixas e aumentar a inclusão financeira daqueles que não usam serviços bancários e não tem histórico formal de crédito. A parceria com a ZestFinance também se estende ao banQi, banco digital da Airfox desenvolvido em parceria com a Via Varejo.

A Airfox pretende também alavancar o Zest ML modernizando a pontuação de crédito e futuros empréstimos e aplicações de crédito. A tecnologia ZestFinance deve analisar grandes conjuntos de dados alternativos, o que inclui o banco de dados de 60 milhões de clientes da Via Varejo.

Dados de uso de smartphones, redes sociais, faturas e contas, serviços bancários e informações de pagamento digital também serão analisadas pela ZestFinance. Principalmente, para atender clientes que não possuem histórico de crédito tradicional com créditos acessíveis.

O banQi da Airfox também espera usar o modelo para desenvolver soluções de crédito pessoal por meio do aplicativo banQi, com serviços que vão desde a consolidação até o pagamento de despesas mais altas como educação, saúde, financiamento de pequenas empresas e muito mais.

 

 

Deixe uma resposta