Home  >  Plataformas

Como a internacionalização de empresas impacta vagas de TI no Brasil

Movimento de companhias locais em direção ao exterior vem ajudando a gerar oportunidades de trabalho na área no país

Da Redação

01/08/2019 às 17h30

Foto: Shutterstock

Em meio à crise econômica que assola o Brasil há anos, com cerca de 12 milhões de desempregados, a internacionalização de empresas locais de tecnologia vem ajudando a gerar oportunidades de trabalho na área no país.

Apontada como um dos principais ecossistemas de TI no Brasil, a cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, reúne diversas companhias que vem realizando esse movimento, seja por meio da abertura de escritórios no exterior ou via parcerias com organizações estrangeiras.

Edtech
A companhia de Edtech DOT digital group, por exemplo, deu início ao seu processo de internacionalização recentemente com a abertura de uma joint venture em Lisboa, em parceria com a portuguesa Vantagem+.

Na capital de Portugal, o grupo terá uma equipe responsável pela comercialização das soluções de Edtech no mercado europeu, mas o desenvolvimento tecnológico será feito pela equipe do DOT no Brasil, sediada em Florianópolis. O grupo tem atualmente 300 colaboradores e estima contratar 50 com a internacionalização ao longo de três anos.

“Temos uma equipe de especialistas em tecnologias para Edtech que já conquistou o mercado brasileiro e tem muito know-how para atender novos mercados”, aponta Luiz Alberto Ferla, CEO e fundador do DOT.

Internacional desde sempre
Já a Cheescake Labs fez o caminho inverso, uma vez que oferecia serviços internacionais antes mesmo de formar uma carteira de clientes no Brasil.

Criada com o objetivo de conectar mão-de-obra brasileira com demandas por desenvolvimento de aplicativos web e mobile proveniente dos EUA, a empresa diz que hoje 60% dos seus clientes ainda são estrangeiros – além dos EUA, outros países que aparecem com destaque são Reino Unido, Suíça e Espanha.

De acordo com Marcelo Gracietti, CEO da empresa, a Cheesecake Labs atualmente emprega mais de 50 pessoas, sendo que aproximadamente metade do time operacional trabalha com projetos internacionais.

21 países
Outra empresa de Florianópolis que vem acelerando contratações por conta de seus negócios no exterior é a desenvolvedora de software Involves, que possui clientes em 21 países.

Para atender a demanda externa, quase 10% da equipe da companhia é responsável por cuidar apenas de negócios no exterior. No ano passado, o crescimento fora do país foi de 50%. Neste ano, a Involves abriu uma filial do México, e pretende acelerar ainda mais sua expansão internacional, aumentando as possibilidades de contratação no Brasil.