Home  >  Negócios

Com Windows e Azure em alta, lucro da Microsoft salta quase 50%

Empresa de Redmond supera expectativas do mercado e alcança lucro de US$13,2 bilhões no segundo trimestre

Da Redação

19/07/2019 às 15h00

Foto: Shutterstock

A Microsoft divulgou nesta semana o seu balanço financeiro do segundo trimestre do ano, quando a receita da sua divisão de cloud superou a unidade ligada ao Windows pela primeira vez. As informações são da Reuters.

Conforme a agência de notícias, a unidade de “cloud inteligente” da empresa, que inclui plataformas como a Azure, registrou uma receita de 11,4 bilhões de dólares no trimestre encerrado em junho, superando as expectativas de mercado, na casa dos 11 bilhões de dólares, e registrando um aumento de 64% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Já a divisão de computação pessoal da Microsoft, que inclui Windows, Xbox, Bing e Surface, registrou uma receita de 11,3 bilhões de dólares, superando as estimativas de mercado, na casa de 10,98 bilhões de dólares, de acordo com a agência de notícias.

Além disso, a Microsoft também viu a sua unidade de software de produtividade, que engloba serviços como LinkedIn e Office 365, registrar um crescimento de 14,3%, com uma receita de 11,05 bilhões de dólares.
Com isso, a Microsoft fechou o trimestre com um crescimento de 12% na sua receita total, com 33,7 bilhões de dólares, enquanto o lucro cresceu ainda mais, 49%, alcançando a marca de 13,2 bilhões de dólares.

Cloud desacelera
Apesar do crescimento significativo, vale notar que o setor de cloud da Microsoft vem registrando números cada vez menores. Antes dos 64% de aumento, alcançados no Q2, a divisão registrou um aumento de 89%, um ano antes, e de 73% no trimestre anterior.