Home  >  Carreira

Boa experiência dos funcionários é prioridade entre executivos brasileiros

Segundo pesquisa, 78% dos executivos dizem que experiência positiva dos funcionários é mais importante do que melhorar a produtividade na empresa

Da Redação

13/07/2019 às 13h30

Foto: Shutterstock

Uma parte significativa dos executivos brasileiros já perceberam a importância da boa experiência do funcionário no engajamento e no sucesso de suas organizações. Segundo uma nova pesquisa da Citrix, 78% dos executivos entrevistados afirmam que garantir uma experiência positiva para os funcionários é mais importante do que melhorar a produtividade dentro da organização.

Ainda de acordo com a pesquisa “The Experience of Work: The Role of Technology in Productivity and Engagement”, realizada pela Economist Intelligence Unit (EIU) com o patrocínio da Citrix, 44% dos executivos brasileiros acham que o baixo envolvimento dos funcionários leva a uma baixa produtividade.

“Os profissionais querem a liberdade de trabalhar quando, onde e como querem, com acesso garantido e rápido, a exemplo da vida pessoal”, diz Luis Banhara, diretor geral da Citrix Brasil. “As empresas estão percebendo a importância de fornecer as ferramentas e os estilos de trabalho que os funcionários desejam. Mas não é tão simples como garantir a tecnologia. Mais do que isso, é garantir uma experiência que os manterá comprometidos com o trabalho”, acrescenta o diretor.

Já quando o assunto é a adoção de novas tecnologias para o aumento da satisfação e da produtividade dos funcionários, 92,5% dos líderes das empresas brasileiras (C-level) declararam que as aplicações e equipamentos fornecidos pela empresa trazem uma contribuição positiva para a experiência de trabalho. E ainda, 93,1% também acreditam que a experiência do funcionário deve ser considerada em todos os projetos de TI.

Resultados

Os principais resultados esperados com a boa experiência tecnológica do profissional são a produtividade e o engajamento, principalmente entre profissionais em cargos de liderança, mais exigentes com iniciativas de transformação digital, conforme o estudo. A facilidade de acesso, interfaces amigáveis e a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar em qualquer dispositivo também compõem este cenário.

No caso das entrevistas feitas no Brasil, aponta a Citrix, os principais facilitadores do engajamento dos funcionários identificados pelos participantes da The Experience of Work foram os seguintes:

Facilidade de acesso a informações necessárias para trabalhar (40%)
Aplicações fáceis de usar (35%)
Experiência de usuário semelhante à de um consumidor (33%)
Capacidade de trabalhar em qualquer lugar (48%)
Escolha de dispositivos (30%)

No total, o levantamento entrevistou mais de 1.100 executivos sêniores em oito países e setores da indústria.