Home  >  Negócios

Huawei planeja vender divisão de cabos submarinos de telecom

Segundo Reuters, fabricante chinesa venderá 51% das operações da divisão Huawei Marine Systems; valor não foi revelado

Da Redação

03/06/2019 às 10h00

Foto: Shutterstock

Em meio ao imbróglio comercial com os Estados Unidos, a fabricante chinesa Huawei planeja vender a sua divisão de negócios de cabos submarinos de telecomunicações. As informações são da Reuters.

Segundo a agência de notícias, as informações sobre a venda foram reveladas em uma carta de intenção de compra, que foi assinada pela também chinesa Hengton Optic-Electric Co Ltd junto à bolsa de valores de Shanghai.

Conforme o documento em questão, publicado na última sexta-feira, 31/5, a Hengtong pretende adquirir 51% da Huawei Marine Systems Co Ltd em uma operação envolvendo dinheiro e emissão de ações, de acordo com a Reuters. No entanto, o valor da transação não foi revelado.

Vale notar que essa é a primeira venda de uma unidade da Huawei após o governo dos EUA determinar que a fabricante chinesa entre em uma espécie de “lista negra”, chamada Entity List. Na prática, segundo a agência, a iniciativa barra empresas da China de comprarem componentes e tecnologias de companhias dos EUA sem uma aprovação prévia do governo norte-americano.

Além disso, o presidente Donald Trump assinou uma ordem executiva no início de maio para impedir que organizações dos EUA utilizem equipamentos de telecomunicações feitos por empresas consideradas uma ameaça à segurança do país – o que poderia incluir a Huawei, que já foi classificada desta forma anteriormente por oficiais dos Estados Unidos.

Pouco após isso, o Google anunciou o fim do suporte do seu sistema operacional móvel, Android, para os dispositivos da Huawei.