Home  >  Plataformas

Porto Digital lança programa de equidade de gênero MINAs

Iniciativa tem objetivo de fortalecer presença de mulheres nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa

Da Redação

06/05/2019 às 19h00

Foto: Shutterstock

O polo de inovação Porto Digital, de Recife (PE), lançou na última semana uma iniciativa de equidade de gênero com o programa Mulheres em Inovação, Negócios e Artes (MINAs).

De acordo com o centro de inovação, o projeto tem o objetivo de fortalecer a presença de mulheres nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa, com foco em Pernambuco, especialmente nas cidades do Recife e Caruaru

O MINAs tem como princípios a desmistificação da ideia de que tecnologia não é “lugar de mulher”, além de transformar o ambiente educacional e profissional de tecnologia em uma realidade com maior presença feminina, mais acolhedora às mulheres e com igualdade de oportunidades.

A iniciativa, que conta com financiamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), por meio de emenda parlamentar da deputada federal Luciana Santos (PC do B), é dividida em três eixos e possui sete objetivos específicos, voltados para os momentos críticos do caminho profissional da mulher – veja mais sobre os eixos e objetivos ao final do texto.

Conforme o Porto Digital, o programa prevê uma série de ações que compreendem os três eixos. Entre as iniciativas estão oficinas, pesquisas, mapeamento de parcerias, qualificação tecnológica e empreendedora, campanhas de sensibilização e apoio a reinserção profissional de mães - inclusive com criação do espaço parental para acolhimento de crianças das mães do Porto Digital.

Eixo 1: Meninas e mulheres estudantes
-Promover a formação tecnológica de estudantes mulheres de ensino fundamental e médio
-Estimular a entrada e permanência de mulheres nos cursos superiores de tecnologia

Eixo 2: Mulheres Profissionais
-Aumentar a proporção de mulheres colaboradoras no ecossistema Porto Digital em áreas-fins das empresas e em cargos de direção
-Qualificar a mão-de-obra feminina do Porto Digital
-Apoiar a reinserção de mães no mercado de trabalho de tecnologia do Porto Digital
-Promover a visibilidade dos talentos femininos na tecnologia e economia criativa

Eixo 3: Negócios femininos
-Apoiar o surgimento de novos negócios inovadores empreendidos por mulheres