Home  >  Negócios

Com novas soluções, Dell Technologies busca proteger ‘tsunami’ de dados

Durante Dell Technologies World, companhia anunciou soluções em armazenamento, gerenciamento e proteção de dados para grandes e pequenas

Carla Matsu

01/05/2019 às 16h41

Foto: Divulgação

A Dell Technologies anunciou nesta semana, durante seu evento anual Dell Technologies World, em Las Vegas, novas soluções de armazenamento, proteção e gerenciamento de dados. Uma arquitetura que, segundo a companhia, visa proteger o melhor capital das empresas: seus dados.

“Dados são o nosso melhor valor e também nosso mais importante recurso”, sinalizou Michael Dell durante o keynote de abertura. “E dados são como nenhum outro recurso. Porque não apenas ele é renovável, é também incansável. E nós continuamos produzindo mais e mais rápido. E este dado é a base do universo digital que nós estamos todos criando. E transformar esse dado em ação, em progresso, em resultado e sucesso é o coração da transformação digital”, complementou.

A companhia anunciou cinco novos produtos em seu portfólio para modernizar a infraestrutura de clientes. São eles o Dell EMC Unity XT, Dell EMC Isilon, Dell EMC Cloud Storage Services, Dell EMC PowerProtect e o Dell EMC Integrated Data Protection Appliance.

O Unity XT é, segundo a Dell, uma versão totalmente reformulada da sua plataforma Unity. A oferta voltada para empresas de médio porte promete ser duas vezes mais rápida e está pronta para NVMe. Ela foi construída a partir da arquitetura nativa e unificada do Unity. Segundo Craig Bernero, vice-presidente sênior e gerente geral para Midrange e Entry Storage Solutions na Dell EMC, o novo Unity XT foi desenhado para reduzir a complexidade da instalação -, levando 10 minutos para instalar e outros 15 minutos para configurar. “É tão fácil como um dispositivo de rede para o consumidor”, comparou. O Unity XT também foi construído para ter em mente um mundo multi-cloud, híbrido.

O Unity XT é alimentado ainda com CPUs dual-socket Intel Xeon Skylake. “Além disso, todos os componentes substituíveis são redundantes e embalados com uma tonelada de memória. O que isso significa? Permite que você consiga mais do sistema da capacidade de performance e computação para que você consiga servir mais aplicações”, explicou Bernero.

A Dell anunciou que também está acelerando as capacidades do Dell EMC Isilon na família NAS. Este oferece, segundo a fabricante, escalabilidade massiva, integração com nuvem e segurança para suportar os fluxos de trabalho mais exigentes vivenciados por indústrias que estão trabalhando com grandes volumes de dados para desdobramento de inteligência artificial, como carros autônomos, indústria do entretenimento e healthcare.

Já a nova oferta da Dell em direção a infraestrutura de serviços em nuvem, o Cloud Storage Services, vem para reforçar a vocação que a Dell posicionou nesta semana rumo a sustentação da jornada multi-cloud das organizações. Com o Cloud Storage Services, Bernero diz que a estratégia de infraestrutura suportada pela nuvem em estender o data center para a nuvem, tratando armazenamento como um serviço em qualquer nuvem pública da escolha de clientes. “Nós realmente damos suporte a uma variedade de casos de uso - recuperação de desastre, analytics de fluxo de trabalho e migrações. E isso não é suportado apenas no Unity XT, mas nas tecnologias PowerMax e Isilon”, destacou durante keynote.

Como acompanhar o ritmo da geração de dados

O volume médio de dados que empresas se viram obrigadas a gerenciar cresceu 569% em 2018, segundo o Dell EMC Global Data Protection Index, quando comparado a 2016. A estimativa mais otimista dá conta de que as empresas, nos próximos dois, três anos, não terão mais como prever o volume de dados que elas precisarão gerenciar e proteger. As soluções, neste sentido, precisam - inerentemente - oferecer um novo nível de flexibilidade e escalabilidade.

Integrando o pacote de soluções para gerenciamento, backup e proteção de dados, a Dell anunciou o Dell EMC PowerProtect, uma plataforma em software e a aplicação PowerProtect X400.

O primeiro, segundo a Dell, é uma plataforma SaaS que entrega proteção de dados, replicação e reuso, e capacidades de autosserviço que dão aos proprietários dos dados o controle das operações de recuperação e backup. "Cientes VMware irão se beneficiar de uma solução simples e moderna de gerenciamento de dados para ambientes vSphere, com políticas automatizadas de backup e recuperação com o vRealize Automation. Já o Dell EMC PowerProtect X400 está disponível como uma aplicação de gerenciamento de dados all-flash ou híbrida e é a primeira solução da Dell EMC de gerenciamento de dados a utilizar machine learning para balanceamento inteligente de carga para garantir que os dados protegidos sejam colocados no local mais eficiente e econômico possível.

Para empresas de pequeno e médio porte, a Dell EMC também anunciou a disponibilidade da versão 8-24TB do Dell EMC Integrated Data Protection Appliance DP4400. Segundo a companhia, é uma solução ideal para organizações menores e escritórios remotos e ainda permite a habilidade de crescer até 96TB com compra de chaves de licença. A solução chega em maio de 2019.

O Dell EMC Unity XT estará disponível globalmente em julho, assim como a plataforma PowerProtect e PowerProtect X400. O Dell EMC Isilon OneFS 8.2 já se encontra disponível e a versão Isilon H5600 será lançada em junho deste ano.

*Jornalista viajou a Las Vegas a convite da Dell Technologies