Home  >  Plataformas

Em mais um adiamento, Microsoft confirma Windows 10 1903 para maio

Aqui vamos nós novamente: outro lançamento do Windows 10 foi adiado, mostrando a pressão que a Microsoft está sofrendo em suas atualizações

Gregg Keizer, da Computerworld (EUA)

13/04/2019 às 10h30

Foto: Shutterstock

A Microsoft anunciou na semana passada que a próxima atualização do Windows 10 estará disponível para download e instalação no final de maio para todos os usuários – o terceiro adiamento seguido para o Windows 10. A decisão ilustra a pressão sob a qual o modelo de Windows como serviço da Microsoft está operando ultimamente. O que foi anunciado como um cronograma de lançamento a cada seis meses do metronômico para as atualizações de recursos e funcionalidades falhou, sobrecarregado por atrasos de meses.

O Windows 10 1803 – atualização de abril do ano passado no formato aamm da Microsoft – foi lançado cerca de um mês atrasado. A Microsoft alegou que a atualização do outono, o Windows 10 1809, estava, oficialmente, apenas um mês atrasada, mas na verdade, o Windows 10 1809 estava pelo menos três meses atrasado. Em ambos os casos, a Microsoft estendeu o suporte para que cada um recebesse os prometidos 18 meses de correções de erros.

A próxima atualização de recursos – designada “Atualização do Windows 10 de maio de 2019” – será lançada no “final de maio”, disse Mike Fortins, executivo da Microsoft, em um post de 4 de abril em um blog da empresa. O lançamento também marcará o início do período de suporte de 18 meses para 1903, o identificador aamm para a atualização.

(Como é feito antes de adiar uma atualização, a Microsoft reteve novamente um apelido de quatro dígitos em desacordo com o cronograma de lançamento real.)

Embora a Microsoft não tenha adotado um dia específico da semana para os lançamentos de atualizações do Windows 10, a Computerworld dos EUA escolheu o dia 21 de maio – terça-feira, um dia útil da semana para atualizações de todos os tipos – como um alvo provável. Como a Microsoft prefere acabar com o suporte na primeira terça-feira de um mês, um lançamento em 21 de maio significaria uma aposentadoria em 8 de dezembro de 2020 1903 (O período seria de 18 meses mais 18 dias).

Atualização de maio de 2019, também conhecida como 1903

Por que. Embora Fortin insinuasse que o Windows 1903 estava pronto para o horário nobre – que ele chamou de “qualidade de produção” – a atualização passou de abril a maio para que a Microsoft, usuários e parceiros de hardware da empresa possam fazer testes adicionais. Pela primeira vez, a Microsoft usará o anel “Release Preview” do programa Windows Insider para testar uma atualização antes de sua estreia. (A Microsoft usou o Release Preview no ano passado com 1809, mas somente depois de ter sido lançado e, em seguida, retirado).

As seis para sete semanas de testes adicionais foram uma reação óbvia ao fracasso do Windows 10 1809, que foi lançado com um bug conhecido, mas ainda ignorado, que destruiu os dados do usuário. A Microsoft não quer repetir o desempenho nem ser vista minimizando os testes.

Mudança de suporte. Por causa do lançamento atrasado, o 1903 provavelmente terá suporte até 8 de dezembro de 2020, quase dois meses depois do que se tivesse estreado em abril - neste caso, receberia suporte até 13 de outubro de 2020.

Impacto. Os usuários que executam o Windows 10 1803 terão apenas cinco meses de sobreposição com 1903, em vez dos seis usuais. É durante esses meses de sobreposição que alguém interessado em pular uma atualização de recurso deve agir.

Mais importante para os clientes comerciais, a sobreposição entre o Windows 1803 e 1909, os meses após a Microsoft definir o último como "business ready", será de apenas dois meses. (A Computerworld calculou o atraso entre a estreia e o “pronto para negócios” para 1909 em três meses; é difícil acreditar que a Microsoft fará a reivindicação mais cedo, com o emprego secundário de 1909... removendo o mau gosto dos fracassos do 1809).

Por outro lado, os usuários que acabarem com o Windows 10 1903 terão oito meses, dois a mais do que o padrão de seis, de sobreposição com o futuro Windows 10 2003, supondo que a atualização seja lançada a tempo em abril de 2020.