Home  >  Negócios

F5 Networks adquire Nginx por US$ 670 milhões

Aquisição visa impulsionar os recursos de transformação de software e multi-nuvem

Samira Sarraf, da ARN/USA

14/03/2019 às 7h06

Foto: Shutterstock

A F5 Networks entrou em acordo definitivo para comprar o servidor Nginx, apoiado pela Telstra, em um negócio avaliado em US$ 670 milhões. Por meio da aquisição, o fornecedor espera acelerar sua trajetória de crescimento, impulsionando o software e os recursos de transformação em multi-nuvens.

Em troca, a F5 aumentará a oferta da Nginx com suas soluções de segurança e integrará suas inovações nativas de nuvem com a tecnologia de balanceamento de carga de software Nginx.

Fundada em 2004, espera-se que no ano fiscal de 2019, a Nginx tenha crescimento de receita de software da F5 e amplie o mix de receita de software da empresa.

No curto prazo, a F5 espera que a aquisição e o investimento orgânico em soluções novas e emergentes resultem em uma diluição de lucros modesta nos anos fiscais de 2019 e 2020.

“A NGINX e o F5 compartilham a mesma missão e visão”, disse Gus Robertson, CEO da Nginx. “Ambos de nós acreditamos que os aplicativos estão no centro para impulsionar a transformação digital”.

“E ambos acreditamos que uma infraestrutura de aplicativos de ponta a ponta – que abrange desde o código até o cliente – é necessária para fornecer aplicativos em um ambiente de multi-nuvens.

“Estou animado para continuar esta jornada, adicionando o poder da inovação de código aberto da NGINX à liderança e ao alcance corporativo da F5. Ela ganha profundidade com soluções projetadas para DevOps, enquanto a NGINX ganha amplitude com acesso a dezenas de milhares de clientes e parceiros”.

A marca Nginx será mantida após a aquisição, e Robertson, juntamente com os fundadores da Nginx, Igor Sysoev e Maxim Konovalov, ingressarão na F5 e continuarão a liderar o negócio.

Robertson se juntará à equipe de gerenciamento sênior da F5, reportando-se a François Locoh-Donou. A F5 manterá as operações da NGINX em São Francisco, Califórnia e outros locais em todo o mundo.

A aquisição foi aprovada pelos conselhos de administração das duas empresas e, após a assinatura do contrato definitivo, recebeu a aprovação necessária dos acionistas da Nginx.

No entanto, o negócio ainda está sujeito a aprovações regulamentares e outras condições de fechamento habituais e só deve ser concluído no segundo trimestre de 2019.

A F5 também alavancará sua força de vendas global, infraestrutura de canal e ecossistema de parceiros para dimensionar as oportunidades de vendas da Nginx para a empresa.

Em outubro, a Nginx revelou um novo programa global de parceiros, em um esforço para fornecer uma estrutura flexível em toda a sua rede de parceiros.

O programa foi desenvolvido para identificar as principais formas de envolvimento dos parceiros com a empresa, com o objetivo de atender parceiros interessados em uma seção transversal de áreas.

Isso inclui parceiros que criam integrações e certificam a interoperabilidade com suas próprias plataformas; desenvolvem módulos que ampliem os produtos e recursos da Nginx; oferecendo produtos Nginx como parte de um portfólio de tecnologia e serviços; construindo soluções personalizadas com a Nginx e aumentando sua prática de consultoria em tecnologia como uma associada Nginx.