Home  >  Plataformas

Duas Rodas elege Linux Suse para manter infraestrutura de TI estável

Empresa mantém tempo de operação do sistema consistente e garante agilidade nos negócios para futuras expansões

Da Redação

13/03/2019 às 12h02

Foto: Shutterstock

A Duas Rodas, empresa brasileira que atua na fabricação de aromas e ingredientes para a indústria de alimentos e bebidas, inaugurou sua primeira fábrica de óleos essenciais, em Jaraguá do Sul (SC). A organização possui portfólio com mais de 3 mil produtos – com destaque para aromas, extratos naturais, desidratados e ingredientes para sorvetes –, por meio duas fábricas no Brasil, quatro na América Latina, além de sete centros de pesquisa e desenvolvimento e um Innovation Center.

Seus produtos são direcionados para mais de 10 mil clientes dos setores de alimentos e bebidas, em todo o mundo. Com o objetivo de realizar entregas no mais alto nível de qualidade globalmente, a empresa exige uma infraestrutura de TI estável e confiável. Desta forma, as operações podem seguir o fluxo do planejamento corporativo traçado e mais adequado.

Cenário

Com praticamente um século de produção de aromas e ingredientes para a indústria de alimentos e bebidas e uma rede internacional, o controle de recursos pode representar um desafio interno real. “Trabalhamos principalmente no universo B2B. Manter o controle do nosso portfólio e da nossa carteira de clientes é uma tarefa muito complexa. Por isso, manter uma infraestrutura de TI robusta é primordial”, afirma Rafael Dall’Anese, gerente de TI da Duas Rodas.

O executivo conta que a empresa decidiu, então, investir em novo sistema de planejamento de recursos empresariais e optou pelo SAP ERP, cinco anos atrás. "Historicamente, executamos nossos sistemas corporativos em AIX, mas decidimos que a mudança para SAP representasse uma alteração do sistema operacional. Não podemos nos dar ao luxo de qualquer tempo de inatividade, mas precisávamos de uma plataforma escalável o suficiente para dar suporte ao negócio, à medida em que a empresa continua crescendo”, lembra Dall’Anese.

Tecnologia

Após avaliação do mercado, a empresa decidiu implementar o sistema operacional da Suse, que atua com software open source. O Suse Linux Enterprise Server (SLES) for SAP Applications inclui a Extensão de Alta Disponibilidade (HA) do SLES, cluster executado em um hardware da HPE. SUSE e HPE têm uma parceria estratégica há mais de 25 anos.

“Com a Extensão de Alta Disponibilidade do SLES, poderíamos evitar o tempo de inatividade do sistema. A solução Suse integrou-se muito bem ao nosso ambiente VMware existente, permitindo a rotação contínua entre os servidores e o failover automático no caso de uma improvável falha”.

Resultados 

Desde a adoção do Suse Linux Enterprise Server for SAP Applications, a Duas Rodas passou por um aumento do tempo de operação do sistema, gerando agilidade nos negócios para futuras expansões comerciais. “Temos notado 100% de disponibilidade após a implementação, e a Extensão de Alta Disponibilidade tornou o gerenciamento de TI mais fácil do que nunca”, contou o executivo.

Além disso, de acordo com Dall'Anese, a interface melhorou a visibilidade do sistema em todos os níveis. “A estabilidade e a flexibilidade da solução SUSE nos dão espaço para expandir nossa infraestrutura de TI à medida que os negócios se expandem, tornando-se um investimento sólido no longo prazo.”

O que vem por aí

Com a tecnologia Suse sendo parte da sua infraestrutura de TI, a Duas Rodas deve implantar mais soluções da companhia no futuro. “Estamos preparando uma prova de conceito para o Suse Manager atualmente, com expectativa para 2019. No geral, o SLES for SAP Applications provou-se uma base sólida para as operações de negócios”, conclui Dall’Anese.