Home  >  Negócios

Telefonia móvel é bem avaliado por usuários em pesquisa da Anatel

Para entidade, resultado é fruto do aumento dos investimentos das teles em melhorias nas redes

Da Redação

12/03/2019 às 14h40

Foto: Shutterstock

A Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida 2018, divulgada há pouco pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), confirma melhoria em todos os indicadores dos serviços de telecomunicações, incluindo telefonia móvel e fixa, banda larga e TV por assinatura. O maior destaque vai para a telefonia móvel (pós e pré-paga), cuja nota de satisfação vem aumentando desde 2015, segundo o levantamento do órgão regulador.

Na avaliação da entidade, o crescente índice de satisfação dos clientes com os serviços é fruto de investimentos contínuos das prestadoras, de cerca de R$ 28 bilhões ao ano, especialmente em expansão de serviços, melhoria da qualidade e do relacionamento com os clientes.

Segundo a Anatel, “a telefonia móvel apresenta melhorias consistentes desde 2015”. A modalidade pós-paga já havia se destacado em 2017 e na pesquisa atual o bom desempenho foi seguido pela modalidade pré-paga, com notas 7,32 e 7,19, respectivamente, numa escala de 0 a 10.

A telefonia móvel é serviço que concentra o maior número de clientes, com 232 milhões de chips, e o principal canal de acesso à internet, conforme dados da PNAD, do IBGE.

A agência também evidencia como resultados positivos, o aumento geral das notas dos indicadores consolidados e a queda do percentual de consumidores que afirmaram terem entrado em contado com as prestadoras, acompanhando também as sucessivas quedas dos índices de reclamações registrados pelo órgão regulador.

No levantamento, a Anatel considerou oito indicadores, sendo os mais bem avaliados os de funcionamento, cobrança e de canais de atendimento. A pesquisa foi realizada entre 9 de julho e 16 de novembro de 2018, período em que foram ouvidas 103 mil pessoas em todo o País.