Home  >  Carreira

Mulheres têm salário quase 16% menor do que homens em tecnologia

Revelo revela dados de estudo sobre desigualdade de gênero no setor

Da Redação

12/03/2019 às 11h49

Foto: Shutterstock

Legenda:

A Revelo, plataforma de recrutamento digital, acaba de finalizar um estudo sobre a desigualdade de gênero no mercado de tecnologia no Brasil.

Foram analisado mais de 212 mil candidatos e 27 mil ofertas feitas por empresas na plataforma. A empresa revela que as conclusões são baseadas em dados reais de comportamento dos nossos usuários. O relatório foi dedicado a responder às causas de dois problemas reais: a menor presença de mulheres nas carreiras de tech e mulheres recebem salários menores que os homens nas carreiras de tech.

Confira os principais resultados:

Média de salários oferecidas pelas empresas, por carreira

BI
Mulheres: R$ 5.987 Homens: R$ 6.444

Desenvolvimento
Mulheres: R$ 5.491 Homens: R$ 6.306

Design
Mulheres: R$ 4.576 Homens: R$ 5.155

Marketing
Mulheres: R$ 3.881 Homens: R$ 4.528

Negócios
Mulheres: R$ 6.179 Homens: R$ 6.643

Média de salários oferecidas pelas empresas, por gênero

Dados da Revelo mostram que, em média, candidatas na área de tecnologia recebem 15,8% a menos do que os homens. A mediana de salários oferecidos para mulheres é de R$ 5,2 mil, e para homens é de R$ 6,2 mil.

Pretensão salarial requerida pelo candidato

A pretensão média das candidatas nas carreiras de tecnologia é, em média, 15% menor do que a dos homens. Enquanto estes últimos têm pretensão salarial média de R$ 6,9 mil, a média da pretensão salarial das mulheres é R$ 5,9 mil.

Proporção de homens e mulheres em cada carreira

Na carreira de desenvolvimento, onde os homens representam 87% dos candidatos inscritos, as mulheres são apenas 13%. Por outro lado, as carreiras de Marketing Online e Negócios apresentam maior tendência a receberem cadastros do gênero feminino, com 61% e 39% dos cadastros, respectivamente.

BI
Mulheres: 30% Homens: 70%

Desenvolvimento
Mulheres: 13% Homens: 87%

Design
Mulheres: 38% Homens: 62%

Marketing
Mulheres: 61% Homens: 39%

TI
Mulheres: 11% Homens: 89%

Proporção do volume de contatos com candidatos mulheres com de acordo com gênero do recrutador

O estudo identificou que recrutadores abordam muito mais homens do que mulheres. Curiosamente, no entanto, esse viés parece ser independente do gênero do recrutador: seja o recrutador homem ou mulher, ambos parecem ser igualmente enviesados na escolha dos candidatos.

Recrutadora
Mulheres: 15% Homens: 85%

Recrutador
Mulheres: 22% Homens: 78%

Número de contatos que uma candidata recebe a cada 100 para um candidato - por carreira

Uma vez removido o efeito de viés da população e do viés do recrutador, os perfis de candidatas são tanto ou mais atraentes do que os de candidatos para a carreira de Marketing, mas para as outras não.

BI
Mulheres: 42 Homens: 100

Desenvolvedor
Mulheres: 15 Homens: 100

Design
Mulheres: 62 Homens: 100

Marketing
Mulheres: 153 Homens: 100

TI
Mulheres: 13 Homens: 100