Home  >  Inovação

SAS monta centro de inovação no Brasil

Espaço, que ficará localizado no escritório da empresa em São Paulo, focará em experiências

Déborah Oliveira

21/02/2019 às 9h26

Foto: Shutterstock

Inovação está no DNA do SAS, define Cássio Pantaleoni, presidente da empresa Brasil. Com essa premissa em mente e para fomentar novidades nos seus clientes, a companhia está montando em solo nacional um centro de inovação que focará na experimentação de soluções de analytics.

Com expectativa de abrir as postas no primeiro trimestre de 2019, o centro ficará localizado no escritório da empresa em São Paulo e além da experimentação agregará competências para o desenvolvimento de projetos em parceria com canais e startups.

Bruno Maia, head de Inovação do SAS América Latina, contou em conversa com jornalistas que dois espaços serão destinados ao projeto. O primeiro deles será batizado de SAS Garage e atuará como um ambiente de coworking para clientes e parceiros e será voltado para o desenvolvimento de startups.

Já o segundo é o SAS Experience Zone, showroom por meio do qual os visitantes terão acesso a um conjunto de experimentos voltados à internet das coisas, machine learning e reconhecimento de imagens.

Mão na massa

Uma das experiências que a empresa apresentará no espaço é como analytics poderá ajudar na visualização de dados de vendas em tempo real em uma varejista. Em demonstração para a imprensa, Maia apresentou uma loja que tem seus indicadores visualizados por meio de óculos de realidade virtual.

Ao estilo Amazon Go, todos os ambientes da loja são apresentados em um cenário virtual, idêntico ao real. Gráficos indicam as vendas e ainda mostram quais produtos têm mais chances de serem comercializados naquele momento. Além disso, um sistema indica onde estão os clientes e orienta vendedores a tirar dúvidas. É possível ainda identificar quanto tempo o consumidor está na loja e quais suas seções favoritas. Também aponta o mapa de calor, indicando os caminhos mais percorridos por aqueles que entram na loja. Tudo com total privacidade, garante o executivo.

Outra tecnologia demonstrada foi um sensor turbinado com analytics em um caminhão que não só indica velocidade do veículo nas ruas, como também aponta se ele está vibrando muito, mostrando sinais de cansaço. “Esse tipo de sistema pode ser aplicado na indústria de transporte, mas também em hospitais e no varejo. Ele coleta informações e toma decisões em tempo real”, explica Maia.