Home  >  Negócios

Smiles migra sistema operacional para nuvem da Oracle

Projeto, que teve duração de 10 meses, foi encerrado no final do ano passado e, segundo as empresas, não houve interrupção na operação dos negócios

Da Redação

20/02/2019 às 15h02

oracle aviao
Foto: Shutterstock

Legenda: oracle aviao

A Smiles, empresa do programa de fidelidade da Gol e mais 17 companhias parceiras, anunciou a conclusão da migração da sua plataforma operacional para a infraestrutura de nuvem da Oracle.

O projeto, que teve duração de 10 meses, foi encerrado no final do ano passado. Segundo as empresas, não houve interrupção na operação dos negócios, permitindo a transferência do seu principal sistema de gestão do programa de fidelidade e das contas de seus clientes para a Oracle Cloud Infrastructure, plataforma de gerenciamento do fluxo de dados segura e de alta performance.

O projeto contou com um time especializado composto por 95 pessoas entre profissionais Smiles e Oracle em mais de 10 mil horas de trabalho, resolução de mais de 2 mil conflitos de códigos e quase 3 mil cenários de testes executados manualmente, além dos testes automatizados por robôs. A infraestrutura foi toda redesenhada e essa movimentação contou com o envolvimento também dos parceiros da companhia, pois a mudança afetou todas as conectividades já existentes com o sistema.

Os principais objetivos da mudança foram a atualização de versão da aplicação Siebel Loyalty, da versão 13 com a antiga interface “High Interactive” para a nova versão “Open UI” de 2018, além de toda a atualização de infraestrutura com o modelo cloud e ganho de performance com o uso da tecnologia Oracle Exadata.

A Smiles diz que enfrentava desafios no modelo on-premise, sobretudo para aumentar a capacidade de processamento e armazenamento, reduzir o tempo de indisponibilidade em momentos de atualização do sistema e para aplicar patches e melhorias. Com o novo modelo, o ambiente não enfrenta mais indisponibilidade em suas principais mudanças que são feitas de forma on-line.

Luiz Borrego, diretor de TI e Operações da Smiles, avalia que é sempre arriscado envolver sistemas operacionais em mudanças profundas, mesmo que em benefício dos clientes, por isso a Smiles enxergou na Oracle uma parceria ideal para um momento tão delicado. "E estávamos certos, pois a migração para a nuvem nos fez subir muitos patamares em qualidade, segurança e agilidade", destacou.

"O projeto para migração da versão e do modelo de infraestrutura foi estratégico para o grupo, uma vez que essa camada de sistemas suporta a base de clientes, transações e plataforma de atendimento. Dado o porte, complexidade e riscos envolvidos no projeto, enxergamos na Oracle a parceira ideal para esse desafio. Hoje temos convicção de que a migração para a nuvem nos fez mudar de patamar em agilidade, robustez, qualidade e segurança", completou Borrego.