Home  >  Negócios

Steve Ballmer escolhe AWS como provedora de cloud para seu time da NBA

Ex-presidente da Microsoft adota soluções da grande rival Amazon Web Services para os Los Angeles Clippers

Da Redação

18/02/2019 às 12h08

Foto: Divulgação/NBA

O Los Angeles Clippers, equipe da NBA - liga norte-americana de basquete profissional -, escolheu a Amazon Web Services (AWS) como provedora de cloud. A notícia seria apenas mais um anúncio de adoção de novas soluções tecnológicas, mas tem um item para lá de curioso. O dono dos Clippers é Steve Ballmer, presidente da Microsoft entre 1998 e 2014, empresa que é uma das grandes rivais da AWS no mercado de cloud pública.

Ballmer admitiu que foi "estranho" firmar um acordo com a rival da Microsoft e que sente pela empresa, mas disse que a AWS "fez um bom trabalho".

O principal motivo da escolha foi o CourtVision, tecnologia que os Clippers estão usando para revolucionar a forma de transmissão das partidas. A ferramenta, que usa computação da AWS, é baseada em machine learning e realidade aumentada para aproximar os fãs.

Como parte da parceria, a AWS se torna o provedor exclusivo de inteligência artificial e computação em nuvem para os Clippers. Nenhuma das partes divulgou os valores do acordo.

Ainda, os Clippers testarão o Amazon SageMaker para criar, treinar e implantar estatísticas voltadas para o machine learning, que aparecerão em transmissões ao vivo e vídeos de jogos da NBA sob demanda.

A tecnologia

O CourtVision, criado em parceria com a Second Spectrum, usa câmeras em todas as 29 arenas da NBA para coletar dados em 3D, incluindo localizações e movimentos de bolas e jogadores, que são armazenados e analisados ​​na AWS em tempo real.

Com a ajuda da variedade de serviços da AWS, a Second Spectrum usa esses dados para gerar sobreposições gráficas aumentadas nas transmissões do Clippers em tempo real, oferecendo aos usuários uma variedade de opções de conteúdo e recursos que variam desde layouts ao vivo de jogadas até probabilidade de conversão de um arremesso. O Clippers CourtVision usa a solução AWS Elemental Media Services para oferecer a experiência de assistir jogos ao vivo.

Scott Sonnenberg, Diretor Global de Parcerias Globais da Clippers, comentou que a inovação só acontece quando a grande visão é integrada com as capacidades tecnológicas para dar vida a essa visão. "Nosso objetivo ao lançar o Clippers CourtVision com o Second Spectrum foi desenvolver a experiência de transmissão esportiva. Esse objetivo foi realizado em grande parte devido a uma abordagem colaborativa para soluções de computação construídas utilizando a AWS", disse.

Ele destaca também que, usando o AWS, o Second Spectrum está otimizando a velocidade e os recursos da tecnologia da Clippers CourtVision. "Por fim, acreditamos que essa tecnologia impulsionada pela AWS conduzirá uma revolução na experiência de transmissão que traduz o machine learning de ponta do Second Spectrum e realidade aumentada para todos os esportes, para que os fãs possam assistir ao jogo deles, à sua maneira", completou.