Home  >  Negócios

Intel e Ericsson unem soluções para fortalecer 5G

Empresas vão convergir o software de gerenciamento Ericsson SDI e o software de referência RSD, da Intel

Samira Sarraf | ARNet

14/02/2019 às 9h48

5G
Foto: Shutterstock

A Intel e a Ericsson firmaram uma parceria para alinhar seus desenvolvimentos contínuos da infraestrutura definida por software (SDI) da Ericsson e do Rack Scale Design, da Intel, rumo ao 5G.

Como parte do acordo, as empresas vão convergir o software de gerenciamento Ericsson SDI e o software de referência RSD, da Intel, ao mesmo tempo em que mantêm total compatibilidade com versões anteriores para os clientes atuais. O sistema Ericsson SDI é baseado no RSD da Intel e fornece um conjunto comum de hardware gerenciado para todas as cargas de trabalho.

Por fim, os fornecedores planejam uma plataforma de gerenciamento de infraestrutura de última geração para oferecer agilidade, transparência e eficiência para o 5G, nuvem distribuída e virtualização de funções de rede (NFV).

Essa infraestrutura significa uma plataforma de gerenciamento de hardware da próxima geração com a promessa de ampliar a agilidade da nuvem para a camada de infraestrutura de hardware.

Os provedores de serviços devem se beneficiar desta nova plataforma, pois ela ajudará a "acelerar o tempo de comercialização, maximizar a utilização e reduzir o custo total de propriedade".

"Temos uma longa história de colaboração bem-sucedida com a Intel", disse Lars Mårtensson, head de infraestrutura de nuvem e NFV, serviços digitais da área de negócios da Ericsson.

"Essa nova colaboração se concentrará no software, além do hardware, e nós veremos que ela é verdadeiramente transformadora para a capacidade dos provedores de serviços de implantar com sucesso a infraestrutura de nuvem aberta e NFV, desde centros de dados centralizados até a banda.

As inovações de software e hardware desenvolvidas em conjunto, resultantes da colaboração, serão oferecidas nas plataformas de hardware da Ericsson e também poderão ser oferecidas com os produtos de servidor da Intel.

"O 5G será transformador, acelerando os aplicativos atuais e desencadeando uma onda de novos usos e inovações baseadas em banda", disse Sandra Rivera, vice-presidente sênior do grupo de plataformas de rede da Intel.

"Nossa colaboração em gerenciamento de infraestrutura com a Ericsson ajudará os provedores de serviços de comunicações a remover barreiras de implementação, reduzir custos e fornecer novos serviços de banda e 5G com velocidade semelhante à da nuvem em uma rede flexível, programável e inteligente", completou Sandra.