Home  >  Plataformas

Banco de dados Firestore, do Google Cloud, é liberado no Brasil

Ferramenta foi disponibilizada em dez novas regiões

Da Redação

01/02/2019 às 16h05

Foto: Shutterstock

O Google Cloud anunciou a disponibilidade do Cloud Firestore em dez novas regiões, entre elas o Brasil. O banco de dados nativo totalmente gerenciado visa facilitar o armazenamento, a sincronização e a consulta de dados para aplicativos da web, dispositivos móveis e IoT em nuvem.

O Cloud Firestore é parte da Google Cloud Platform (GCP) e funciona integrado ao Firebase, plataforma de desenvolvimento para aplicativos do Google.

A empresa explica que a ferramenta ajuda a solucionar alguns desafios de desenvolvimento, ao simplificar a sincronização de dados e fornecer dados em tempo real, eliminar códigos do lado do servidor e disponibilizar regras de autenticação de banco de dados flexíveis mas seguras, além de permitir a atualização de dados de mais de 1 milhão de clientes por segundo.

A versão beta do Cloud Firestore foi lançada em 2018 durante o Next, o maior evento do Google com foco em nuvem, e estava disponível em apenas três regiões. Com a ampliação, o Cloud Firestore passa a ser acessível em 13 regiões, incluindo países como Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Coréia, Estados Unidos, Índia, Inglaterra e Japão.

O Cloud Firestore é compatível com todas as APIs e bibliotecas de clientes do Cloud Datastore. Os usuários do Cloud Datastore serão atualizados para o Cloud Firestore automaticamente no final de 2019.

Primeiro case

No Brasil, a startup QuintoAndar, plataforma de aluguel de imóveis residenciais, já usa a versão beta do Cloud Firestone em suas atividades.

“Prover informações em constante mudança para nossos clientes significa oferecer uma experiência verdadeiramente envolvente”, destaca o gerente de engenharia do QuintoAndar, Guilherme Salerno. “Com o Cloud Firestore podemos fazer isso sem precisar de infraestrutura adicional e ter como foco os desafios de nossos negócios."