Home  >  Plataformas

Oracle atualiza Java Card com aplicações de IoT

Versão 3.1 permite o desenvolvimento de serviços de segurança portáteis em uma variedade de hardware IoT

Paul Krill | InfoWorld (EUA)

17/01/2019 às 15h59

código java
Foto: Shutterstock

A plataforma Java Card, da Oracle, que fornece segurança para aplicativos de smart card e dispositivos de memória limitada, ganhou suporte para internet das coisas (IoT), em sua versão 3.1.

O Java Card é uma tecnologia de software que fornece isolamento entre hardware e serviços de software. As plataformas de hardware típicas que usam o Java Card incluem elementos seguros incorporados, chips de smart cards e sistemas seguros com uma CPU de uso geral. O kit de desenvolvimento é gratuito, mas os fabricantes que usam o Java Card devem obter uma licença comercial paga para usar a tecnologia.

O Java Card 3.1 permite o desenvolvimento de serviços de segurança portáteis em uma variedade de hardware de segurança IoT. Um modelo de I/O extensível permite que os aplicativos troquem dados diretamente com os periféricos conectados em uma variedade de camadas físicas e protocolos de aplicativos.  A nova versão também apresenta APIs e funções de criptografia atualizadas para abordar a segurança da IoT e auxiliar no design de aplicativos de segurança, incluindo atestado de dispositivos.

O formato de arquivo estendido do Java Card 3.1 simplifica a implantação de aplicativos, atualização de código e a manutenção. ALém disso, os aprimoramentos de API melhoram a produtividade do desenvolvedor e a eficiência de memória dos aplicativos.

O Java Card 3.1 apresenta quatro serviços de segurança:

- Uma API de certificado para gerenciar chaves confiáveis ​​para dispositivos com recursos limitados.
- Uma API de derivação de chave, para proteger dados confidenciais.
- Uma API de contador monótona para evitar ataques de repetição.
- Uma API de horário do sistema para registro de data e hora.