Home  >  Negócios

Stefanini e Usiminas desenvolvem plataforma cognitiva para atendimento

Assistente virtual orienta e esclarecer dúvidas de quem visita as plataformas da siderúrgica

Redação

04/01/2019 às 11h00

Stefanini e Usiminas em plataforma cognitiva
Foto: Shutterstock

A Usiminas, empresa brasileira de aços planos, uniu-se à Stefanini, provedora global de soluções de negócios baseadas em tecnologia, para criar uma plataforma cognitiva e oferecer aos seus clientes e colaboradores o Bob Steel, um assistente virtual.

O Bob Steel está disponível no site da siderúrgica para orientar ou esclarecer as dúvidas de quem visita as plataformas. De acordo com as empresas, conversar com Bob é bem fácil: basta acessar o ícone que está no canto direito da tela ou clicar no “Fale Conosco”. O moderno e simpático parceiro virtual também está na intranet, garantindo mais agilidade e dinamismo na busca de informações dos funcionários.

Segundo Eduardo Sebastião de Carvalho, gerente corporativo de Tecnologia de Operações e Segurança da Informação, na indústria do aço, a Usiminas foi uma das primeiras empresas a adotar essa ferramenta. “A implementação do projeto mostra que estamos antenados às novas tecnologias e conectados com todas as tendências de mercado”, afirma.

Winy Siqueira de Melo, especialista de Tecnologia da Informação da Usiminas, responsável pelo projeto, diz que o atendente também permite que a equipe da central de atendimento esteja mais focada nas demandas de maior complexidade.

“Hoje recebemos muitas ligações de pessoas em busca de ramais ou endereços das nossas unidades. A partir de agora, todas essas informações podem ser respondidas pelo nosso atendente virtual, Bob Steel, permitindo à central de atendimento atuar de forma mais assertiva e estratégica”, esclarece.

Desde 2011, a Stefanini atua na Usiminas para prestação de serviços especializados e desenvolvimento de sistemas. “A iniciativa visa facilitar o contato entre o usuário e a companhia de aço, trazendo mais agilidade, dinamismo e interatividade”, explica Alexandre Winetzki, diretor de P&D da Stefanini.

Por que Bob Steel?

O nome do assistente virtual foi escolhido pelos colaboradores por meio de uma votação na intranet. Bob Steel, que traz referências às bobinas de aço, principal negócio da empresa, foi o preferido. Ao todo, foram cerca de 1,9 mil votos, além de diversos comentários criativos, mostrando que o parceiro cibernético chegou ganhando a simpatia de todos.

A plataforma de inteligência cognitiva da Stefanini – Sophie - utilizada no projeto da Usiminas já está disponível na versão 2.7, respondendo em 44 idiomas, foi implementada em segmentos diversos como indústria, varejo, seguradoras e governo.