Home  >  Plataformas

As apostas da Pure Storage para armazenamento flash em 2019

Demanda por profissionais especializados em IA e ambientes híbridos de armazenamento movimentarão o mercado de TI no próximo ano

Da Redação

28/12/2018 às 12h11

Foto: Shutterstock

A Pure Storage, fornecedora de plataforma de dados totalmente flash para a era da nuvem, montou suas previsões sobre a tecnologia e o mercado de TI em 2019.

A lista inclui maior adoção de Inteligência Artificial, arquitetura híbrida com soluções multicloud mais robustas, investimentos em tecnologias de contêineres e protocolo de memória não-volátil expressa para tecnologia flash (NVMe), que já é um padrão em toda a linha FlashArray da empresa. Segundo a Pure, o próximo ano também deve ser decisivo para organizações que ainda não adotaram uma política sólida de armazenamento.

A Inteligência Artificial está reinventando a maneira como trabalhamos, redefinindo as estratégias de negócios e ajudando as organizações a compreender o volume cada vez maior dos seus dados. O grande desafio é a falta de cientistas de dados e especialistas neste mercado. Um estudo da Pure Storage em parceria com o MIT Tech Review Insights, revelou que a falta de recursos de talentos se tornou uma barreira que impede a melhora de gerenciamento de dados nas empresas.

Para suprir essa necessidade, é esperado que as empresas de todos os tamanhos e setores trabalhem em conjunto com instituições de ensino, para garantir que os cursos preparem os alunos com as habilidades necessárias para o cenário atual, com estágios específicos em inteligência artificial e disciplinas flexíveis que acompanhem as mudanças tecnológicas em tempo real.

Além disso, devem surgir no mercado novas ferramentas para simplificar a adoção da IA e reduzir a curva de aprendizado de novos talentos. Enquanto isso, infelizmente, os melhores profissionais permanecerão monopolizados por grandes empresas, o que pode gerar um vácuo de inovação para as startups e para os pequenos e médios negócios.

2019 multi-cloud

No que se refere à nuvem, a tendência é que as empresas invistam em soluções multi-cloud mais robustas e unificadas, para simplificar e tornar mais flexível a movimentação de dados entre nuvem pública e o armazenamento local. A chegada de uma arquitetura verdadeiramente híbrida criará um ambiente que combine a agilidade e a simplicidade da nuvem pública com a funcionalidade do on-premise. Neste universo de nuvem híbrida, as aplicações podem ser desenvolvidas uma única vez e implantadas em nuvens pública ou privada, independente de onde estiverem os dados.

Ainda falando de nuvem híbrida, as tecnologias de contêineres provaram ser muito atraentes, particularmente em ambientes de DevOps, mas a falta de armazenamento prejudicou a adaptação a muitas aplicações de produção das empresas, o que impediu a evolução da tecnologia. Apesar disso, a entrega de armazenamento automatizado, inteligente e escalável torna possível a implementação de ambientes de contêiner em larga escala em um data center corporativo.

Para 2019, a Pure Storage acredita que a adoção desta tecnologia será impulsionada pela demanda por implantações econômicas em ambientes de nuvem híbrida, com capacidade de executar aplicativos com mais flexibilidade, tanto on-premise quanto na nuvem pública.

Para empresas que buscam melhor desempenho, menor latência e menos sobrecarga de computação, a atenção deve se voltar ao protocolo de transferência de dados NVMe over Fabric (NVMe-oF), com vantagem significativa de custo-benefício e garantia de rapidez em banco de dados, ambientes virtualizados e de contêiner, iniciativas de teste e de desenvolvimento, além de aplicações na web.

Infraestrutura é a chave

No cenário atual, todas as empresas são movidas por dados e o sucesso do negócio depende de uma infraestrutura ideal para acessar e gerenciar esses volumes. Existe a complexidade da TI, que tradicionalmente não foi construída para atender ao intensivo uso de dados e resultou em uma infraestrutura fragmentada, com "divisões de nuvens", que força as empresas a optarem entre uma ou outra solução. A Pure Storage acredita que em 2019 haverá uma expansão no desenvolvimento de soluções que unifiquem diferentes ambientes de nuvem e permitam uma migração simplificada de aplicações dos ambientes locais para multicloud e vice-versa.

Além disso, os parceiros também devem desempenhar um papel fundamental para ajudar os clientes com a implementação de um ambiente híbrido adequado, com garantia de entrega de uma infraestrutura de TI moderna. Já os canais devem continuar a investir em serviços de valor agregado, como migração, implantação, instalação e recuperação de desastres, que criam e asseguram o desempenho dessas soluções integradas.