Home  >  Negócios

Relembre as principais aquisições do mercado de Tecnologia em 2018

Ano foi marcado, principalmente, pela aquisição da Red Hat pela IBM. Microsoft também fez movimento interessante

Da Redação

24/12/2018 às 14h02

aquisição
Foto: Shutterstock

O mercado de Tecnologia tem sido marcado nos últimos anos por grandes aquisições - seguindo uma tendência apontada por especialistas de uma crescente consolidação.

A Computerworld Brasil relembra as principais fusões e aquisições de 2018. Confira:

IBM compra Red Hat

A principal aquisições, em de impacto de mercado e valores, foi da IBM, que fechou a compra da fornecedora de soluções open source Red Hat por US$ 34 bilhões. O anúncio surpreendeu o mercado no dia 28/10 e, segundo Ginni Romeetty, presidente e CEO da IBM, a compra da Red Hat é uma "mudança de jogo". "Ela muda tudo sobre o mercado de nuvem. A IBM se tornará a fornecedora de nuvem híbrida número 1 do mundo, oferecendo às empresas a única solução de nuvem aberta que irá liberar todo o valor da nuvem para seus negócios", disse em comunicado Ginni.

Microsoft leva GitHub

Outra compra de impacto veio de outra gigante norte-americana. A Microsoft anunciou em maio a compra do GitHUb, em acordo que custou US$ 7,5 bilhões aos cofres da companhia.

O GitHub é uma plataforma colaborativa de desenvolvimento de software, com mais de 28 milhões de desenvolvedores como usuários.

“A Microsoft é uma empresa que desenvolve em primeiro lugar e, ao unir forças com o GitHub, fortalecemos nosso compromisso com a liberdade, a abertura e a inovação dos desenvolvedores”, disse Satya Nadella, CEO da Microsoft. “Reconhecemos a responsabilidade que assumimos com este acordo e faremos o nosso melhor trabalho para capacitar cada desenvolvedor a construir, inovar e resolver os maiores desafios do mundo”.

AT&T e Time Warner: fusão gigantesca

Em junho, a operadora norte-americana AT&T concluiu a fusão de US$ 85 bilhões com a Time Warner. O anúncio foi realizado um dia antes do esperado, afastando a possibilidade de congelar a negociação

Broadcom adquire a CA Technologies

Em julho, a Broadcom, fornecedora de semicondutores, anunciou a aquisição da CA Technologies, em negócio fechado por US$ 18,9 bilhões em dinheiro.

A notícia surpreendeu o mercado, visto que as companhias têm focos diferentes - a Broadcom como uma gigante fabricante de chips, enquanto a CA tem enorme legado em software e serviços.

SAP mantém ritmo de compras

A gigante alemã SAP manteve sua conhecida estratégia de ir ao mercado em busca de adições ao seu portfólio. Neste ano, a empresa fechou importantes aquisições, entre elas a compra da startup Qualtrics, fechada por US$ 8 bilhões.

A compra um tanto surpresa, toda em dinheiro, vem logo depois que a Qualtrics, empresa de monitoramento de sentimentos, definiu sua faixa de preço do IPO em US$ 18-21. A empresa declarou em seu IPO que a receita no primeiro semestre de 2018 saltou 42%, para US$ 184 milhões, ultrapassando em muito o rival SurveyMonkey, que também foi divulgado este ano. Mais recentemente, o concorrente avaliado em US$ 2,5 bilhões após uma rodada de financiamento em 2017.

A fabricante alemã SAP anunciou a aquisição da empresa norte-americana de desenvolvimento em nuvem CallidusCloud por US$ 2,4 bilhões. O objetivo da compra é aumentar as receitas com cloud, afirmou o CEO da companhia Bill McDermott.

Ainda, a SAP fechou também a aquisição da CallidusCloud, uma adição sinérgica ao portfólio da SAP e que fortalece significativamente a posição da SAP em CRM. De acordo com a companhia, as soluções da CallidusCloud são adaptadas às necessidades das pessoas, especialmente nos quesitos preços, incentivos e comissões, para sistemas ERP.

Plantronics e Polycom

No mercado de videocolaboração, a Plantronics anunciou a aquisição da Polycom, em acordo firmado no valor de US$ 2 bilhões.

Com a aquisição da empresa de soluções de videoconferência, a fabricante de handsets Plantronics quer se tornar a parceira ideal do ecossistema de comunicações e colaboração.

Accenture fecha o ano com aquisições

Accenture foi às compras e adquiriu sete fornecedores especializados em tecnologia e digital no espaço de 12 dias, concluindo uma campanha de aquisições globais antes de 2019.

De 30 de novembro a 12 de dezembro, a integradora finalizou acordos em quatro continentes, com negócios na Austrália, Alemanha, Itália, EUA, Canadá e Brasil. As transações são projetadas para ajudar a reforçar os recursos de nuvem e software, além de habilidades criativas e conhecimento digital.

As empresas adquiridas são: Kolle Rebbe, na Alemanha; SEC Servizi Spa, na Itália; PrimeQ, na Austrália e Nova Zelândia; Enaxis Consulting e Adaptly, nos EUA; Zafin, no Canadá; e New Content, no Brasil.

fusões e aquisições

Relembre outras fusões e aquisições de impacto:

Microsoft acelera desenvolvimento de jogos com aquisição da PlayFab

Com acordo de US$ 2 bilhões, iZettle é maior aquisição da PayPal

Fujifilm adquire Xerox, que deve demitir 10 mil pessoas

Locaweb Corp adquire Cluster2GO e avança no mercado de multicloud

Resultados Digitais diversifica portfólio com aquisição da Plug CRM