Home  >  Negócios

Com nova sede de US$ 1 bi, Google deve dobrar número de funcionários em NY

Novo espaço é chamado internamente de “Google Hudson Square”

Da Redação

19/12/2018 às 18h36

Foto: Shutterstock

Google investirá US$ 1 bilhão para construção de um novo campus em Nova York, nos EUA. O novo espaço é chamado internamente de “Google Hudson Square”, que abrigará um campus com três prédios.

O Google já tinha uma forte presença em Nova York, cidade que abriga cerca de 7 mil funcionários em diferentes áreas e produtos como Busca, Ads, Maps, YouTube e Cloud. A cidade foi a primeira fora da Califórnia a receber uma sede operacional do Google.

No início deste ano, a gigante de tecnologia anunciou que tinha comprado o prédio que abriga o Chelsea Market por US$ 2,4 bilhões. A região abrigará outra unidade chamada de Google Chelsea.

De acordo com o comunicado assinado por Ruth Porat, Vice-presidente sênior e CFO do Google e Alphabet, com os novos investimentos o Google poderá mais que dobrar o número de funcionários na cidade.

A expectativa é que as novas unidades do Google sejam inauguradas até o ano de 2020. O Google Hudson Square será a localização principal para a área de negócios globais do Google em Nova York.

O anúncio da companhia se dá uma semana depois da Apple revelar que irá investir o mesmo valor, US$ 1 bilhão, em um novo escritório em Austin, Texas, além de novas operações em San Diego, Seattle, e em Culver City, Califórnia. A Amazon também anunciou no mês passado que irá abrir o seu novo  escritório em Long Island, bairro próximo ao Queens, em Nova York.