Home  >  Inovação

Qual a percepção dos brasileiros sobre inteligência artificial?

Resultados mostram uma crescente relação das pessoas com os novos recursos tecnológicas

Da Redação

17/12/2018 às 17h33

robô
Foto: Shutterstock

Inteligência artificial é um termo que tem ganhado destaque nos últimos anos. Mas, de fato, qual a percepção das pessoas sobre a tecnologia?

A desenvolvedora de soluções digitais Lambda3 buscou entender por meio dede uma pesquisa. O estudo foi desenvolvido em duas fases: a primeira, em 2017 – ano em que o termo AI passou a ter destaque com campanhas de marketing, gerando a popularização do Watson (sistema da IBM) e a apresentação de seus serviços cognitivos–, que apontou os insights iniciais sobre o entendimento dos usuários/cidadãos em relação ao tema; e no último trimestre, que contemplou os meses de setembro, outubro e novembro de 2018, desta vez com o objetivo de entender o que mudou na visão da sociedade neste intervalo de tempo. Foram analisadas as respostas de mais de mil participantes de todo o país, de diferentes perfis profissionais.

A empresa afirma que, de forma geral, os resultados apontaram uma crescente relação do brasileiro com inteligência artificial: as pessoas já utilizam alguns recursos no dia a dia, seja na forma de trabalho ou nos dispositivos portáteis, fato que estimula e facilita o relacionamento com o avanço tecnológico.

Primeira lembrança

Quando questionados sobre as primeiras lembranças que remetem a AI, os pesquisados associaram inicialmente as Redes Neurais (28% das menções), que são modelos computacionais inspirados pelo sistema nervoso central do cérebro, capazes de realizar o aprendizado de máquina, bem como o reconhecimento de padrões.

Diego Nogare, Chief Data Officer da Lambda3, destaca que a maior parte das pessoas sabe que as soluções baseadas em inteligência artificial simulam a capacidade humana de raciocinar, tomar decisões e resolver problemas.

Os Robôs foram a segunda lembrança mais citada (26%). "Falamos aqui de um dispositivo automático [ou grupo de dispositivos] com conexão de realimentação entre sensores, capaz de realizar trabalhos de maneira autônoma ou pré-programada. Geralmente utilizados na realização de tarefas em linha de produção industrial, que dispensa ou não a ação humana, contribuem para o aumento da produtividade e da qualidade dos produtos, proporcionam melhorias na saúde e segurança do trabalhador, bem como redução do consumo de energia e de insumos", explicou Nogare.

Deep Learning – tecnologia utilizada em ferramentas como Google tradutor, reconhecimento de voz (transformação de voz em texto e em dispositivos), assistentes virtuais (como a Siri, da Apple) e reconhecimento de Imagem, utilizado para marcação automática de fotos nas redes sociais como Facebook, e etc. – foi a terceira lembrança que mais remeteu ao tema, com 10,5% das respostas.

A pesquisa também apontou que 7% das pessoas ainda associam esta questão com Ficção Científica.

Empresa mais lembrada

Ao responderem sobre a empresa mais lembrada ao pensar em inteligência artificial, nos dois anos os resultados se mantiveram os mesmos em posicionamento de ranking: Google aparece em primeiro lugar, seguido bem próximo de IBM em segundo, Microsoft, Amazon e Facebook, ocupando o terceiro, quarto e quinto lugar, respectivamente.