Home  >  Plataformas

A10 lança solução multicloud para aplicações em Kubernetes

Plataforma Secure Service Mesh permite o trabalho com aplicações de microsserviços

Da Redação

14/12/2018 às 17h51

Foto: Shutterstock

A fornecedora de soluções de segurança cibernética A10 Networks anunciou o lançamento do Secure Service Mesh, serviço com foco em aplicações implementadas no ambiente de containers Kubernetes de código aberto.

A solução, segundo a empresa, permite o trabalho com aplicações de microsserviços, facilitando e automatizando a integração de segurança de nível corporativo e balanceamento de carga com visibilidade e análise completa.

O Secure Service Mesh visa proteger a rede como um todo, além de criptografar o tráfego entre microsserviços de forma transparente, sem exigir mudanças nessas aplicações. O resultado é um maior nível de segurança e desempenho para aplicações baseadas em microsserviços.

Lee Chen, fundador e CEO da A10 Networks, comenta que, com a nova solução, a empresa continua cumprindo sua promessa de automação inteligente e segurança para infraestruturas tradicionais e modernas. "As organizações estão se voltando para contêineres para que suas aplicações de produção se tornem ágeis e escaláveis, atendendo às demandas da transformação digital. O Secure Service Mesh é um avanço significativo para esses ambientes", disse.

O A10 Lightning ADC é o principal componente que fornece recursos de balanceamento de carga e segurança. Ele funciona em um cluster ativo/ativo que é elástico e cima/baixo com a escala de um cluster do Kubernetes automatizada. O cluster do Lightning ADC pode ser usado tanto para o tráfego Norte-Sul quanto para o Leste-Oeste.

Brad Casemore, vice-presidente de Pesquisa para Redes de data center da IDC, comenta que, enquanto os Kubernetes abordam os desafios relacionados à criação e implementação de aplicações, as organizações ainda enfrentam o difícil, e muitas vezes demorado, desafio de fornecer segurança de execução e garantia de desempenho em ambientes de microsserviços com contêiner que se tornarão ainda mais complexos. "A A10 Networks entende o valor considerável que seus clientes podem obter de microsserviços e é por isso que ampliou seu portfólio com o Secure Service Mesh, fornecendo recursos de gerenciamento de tráfego de aplicações que atendem à necessidade de aumento de segurança e, ao mesmo tempo, reduzir a carga operacional nas equipes que implantam aplicações de Kubernetes", disse.

A solução de segurança entre microsserviços inclui a aplicação de políticas de microssegmentação para o tráfego. O sistema também pode criptografar automaticamente o tráfego entre os serviços, aumentando ainda mais a privacidade e a segurança dessas comunicações. Recursos de segurança adicionais incluem limitadores de tráfego de aplicações para cada serviço, aplicação anti-DDoS e offload de SSL/TLS.