Home  >  Inovação

Surfando na onda digital: como garantir a prontidão da transformação

O mais importante será avaliar como inovações futuras poderiam ser usadas para melhorar a forma como clientes são atendidos e antecipar necessidades

Jennifer Warawa*

07/12/2018 às 14h02

Foto: Shutterstock

Ao alavancar a tecnologia emergente como a inteligência artificial (AI, na sigla em inglês), as empresas de contabilidade de hoje são capazes de agilizar as principais tarefas como combinar ordens de compra e sinalizar faturas para pagamento. De acordo com uma pesquisa liderada pelo McKinsey Global Institute (MGI), a coleta e o processamento de dados podem ser feitos cada vez melhor e mais rapidamente com as máquinas. Com as ferramentas de AI que executam esses processos anteriormente manuais, os documentos e relatórios voltados para o cliente podem ser criados e entregues mais rapidamente do que nunca. Agora, as empresas podem aproveitar as tecnologias que minimizam o trabalho manual para maximizar o tempo gasto no fornecimento de conselhos confiáveis .

Estar operacionalmente preparado para a transição para uma forma moderna de trabalhar deve ser o foco principal de qualquer empresa de contabilidade do século 21. Para se manter competitiva em longo prazo, as empresas terão que construir uma compreensão prática de como as tecnologias da próxima geração podem agilizar as operações, capacitar sua força de trabalho e aprimorar a experiência de seus clientes. À medida que a transformação digital continua a ganhar ritmo, aqui estão três passos principais que as práticas de contabilidade podem adotar para garantir que estejam preparadas para a transformação tecnológica:

Entenda o papel que diferentes tecnologias desempenham

Com o ritmo acelerado da inovação, é fácil ficar sobrecarregado e confuso sobre onde as tecnologias podem ter o maior impacto. Dito isso, investir no tipo errado de tecnologia pode acabar sendo extremamente caro e é vital que as empresas criem uma compreensão do que diferentes tecnologias podem ajudar você a alcançar e quais processos elas podem ajudar a melhorar.

Para um entendimento completo de como as tecnologias podem ser benéficas, as empresas de contabilidade devem começar prestando atenção em como seus clientes se envolvem com as novas tecnologias. Por exemplo, no futuro, um número maior de clientes pode começar a considerar as ofertas iniciais de moeda (ICOs, na sigla em inglês) como um método potencial para obter financiamento. Se uma empresa reconhecer essa tendência, terá que entender a tecnologia o suficiente para oferecer uma orientação adequada. Se não, os clientes simplesmente acabarão se mudando para uma empresa que faça isso.

Ao considerar como a tecnologia impacta os funcionários, as empresas precisam reconhecer que a próxima geração de contadores cresceu cercada por inovação e atribuiu um valor significativo à tecnologia no local de trabalho. Tornar-se habilitado para a nuvem, automatizar processos e usar tecnologias móveis para dar suporte ao trabalho flexível agora são necessidades do local de trabalho. No curto e médio prazo, as empresas devem se concentrar em dominar e investir nas soluções certas para ajudar os funcionários a trabalhar de maneira mais inteligente e eficiente. Isso pode incluir a implantação de soluções que forneçam acesso constante a dados do cliente em tempo real ou equipem os contadores com poderosas ferramentas de geração de relatórios que ofereçam oportunidades para oferecer aos clientes consultoria estratégica. Ao investir tempo e recursos na compreensão do cenário tecnológico e em como isso afeta todos os interessados, as empresas de contabilidade ficarão à frente de mudanças contínuas no setor e atenderão melhor às necessidades dos funcionários e clientes voltados para o futuro.

Concentre-se nos objetivos de negócios

Quando se trata de transformação digital, uma abordagem única simplesmente não existe. Para que metas de longo e curto prazo sejam alcançadas, as empresas terão que lidar com as lacunas tecnológicas específicas de sua organização. Concentrar-se em metas de negócios individuais como oferecer aos funcionários e clientes acesso seguro 24 horas a dados ou criar novos fluxos de receita, fornecer estrutura às estratégias de transformação digital e ajudar as empresas a focar sua atenção nas soluções certas.

Uma vez que a estratégia de transformação apropriada tenha sido determinada, as empresas devem avaliar a lacuna de habilidades em toda a organização e responder proativamente. As companhias podem ter que executar programas de treinamento e fornecer suporte contínuo para que os profissionais contábeis aprendam a usar as novas ferramentas. Esse investimento em tempo e recursos vale a pena. Ao garantir que os funcionários estejam bem equipados para operar as tecnologias certas, as empresas de contabilidade estarão em condições de alavancar as ferramentas modernas necessárias para atingir seus objetivos específicos.

Fique um passo à frente

Consciente das tecnologias de inovação rápida de hoje, é essencial que as empresas adotem uma abordagem voltada para o futuro e permaneçam focadas na preparação para qualquer mudança no setor que esteja no horizonte. Por exemplo, avaliar quais desenvolvimentos tecnológicos estão próximos e como eles podem impactar as formas atuais de trabalho será fundamental. Na verdade, as empresas devem encorajar toda sua equipe a se manter informada sobre as tendências do setor e quaisquer novas tecnologias que os ajudem na transição para formas de trabalho mais inteligentes e eficientes.

O mais importante será avaliar como inovações futuras poderiam ser usadas para melhorar a forma como os clientes são atendidos e antecipar suas necessidades futuras. Afinal, o uso da tecnologia para se manter à frente das demandas dos clientes será uma das formas mais eficazes de se manter competitiva nos próximos anos. São as empresas de contabilidade focadas na inovação digital que estarão operacionalmente preparadas para responder à ruptura e liderar a profissão no mundo tecnologicamente voltado para o futuro.

*Jennifer Warawa é Vice-Presidente Executiva de Parceiros, Contadores e Alianças da Sage