Home  >  Negócios

Diebold Nixdorf aposta em soluções multicanais para bancos e varejo

Movimento integra visão da companhia de integrar mundos do dinheiro físico e o digital, além de personalizar a experiência do cliente

Da Redação

05/12/2018 às 18h52

Foto: Shutterstock

A Diebold Nixdorf, empresa que oferece soluções para automação bancária e para o varejo, tem apostado em softwares integrados para avançar a digitalização dos setores. O movimento também visa, segundo a companhia, unir os mundos do dinheiro físico e digital.

Dentro dessa estratégia, a DN tem oferecido ao mercado soluções de softwares multicanais para atendimentos seguros, focados em experiências personalizadas. “Hoje em dia, podemos começar operações financeiras em um canal e terminar em outro. Queremos interfaces que atendam a nossa necessidade de serviços. Por isso, a DN entendeu que a integração de canais, experiência do cliente, personalização e conveniência são pontos indispensáveis para o processo de transformação digital dos bancos e do varejo”, reforçou Elias Rogério da Silva, presidente da Diebold Nixdorf no Brasil.

Em um universo onde as ciberameaças estão cada vez mais sofisticadas, as empresas que atravessam seus projetos de digitalização acabam ficando mais suscetíveis. Prova disso é que a área de OFD (Online Fraud Detection) da DN classifica, diariamente, para análise mais de 500 novos malwares  e mais de 10.000 artefatos são coletados e analisados, um trabalho que consegue blindar bancos, varejo e seus clientes de sofrerem fraudes em suas operações.

Para o varejo, mais de 1 milhão de soluções POS (sigla para Point of Sale) foram implementadas pela companhia em mais de 90 países. Globalmente, a empresa registra 275 milhões de transações por dia em estabelecimentos comerciais. Um dos principais produtos dentro da gama de soluções oferecidas no Brasil, é o Self-Checkout - um terminal de autoatendimento que permite ao consumidor pesar os produtos, escanear cada um dos códigos de barras e finalizar suas compras com pagamento via cartão de crédito ou débito.

“Todas nossas soluções são customizadas para um varejista digital, com foco na oferta de autonomia para o consumidor final. Para bem atender ao varejo no Brasil, a Diebold Nixdorf está trabalhando em soluções de software e hardware de maneira integrada para fornecer o melhor produto ao cliente”, complementou Elias.

No último ano, a Diebold Nixdorf investiu cerca de US$ 194 milhões em Pesquisa e Desenvolvimento em todo o mundo. Em 2017, sua receita global foi de US$ 4,6 bilhões. No Brasil, 500 colaboradores são especializados no desenvolvimento de processos, soluções inovadoras e eficientes para os clientes. Após dois anos da aquisição da Wincor Nixdorf, a companhia hoje detém 50% de market share de ATMs no Brasil.