Home  >  Negócios

Clientes de fintechs estão mais satisfeitos do que de bancos tradicionais

Pesquisa do Google revela dados de comportamento do consumidor; buscas por abertura de conta-corrente cresceram 40% nos últimos dois anos

Da Redação

30/11/2018 às 14h41

Foto: Shutterstock

Clientes que utilizam serviços oferecidos por fintechs, as startups do mercado financeiro, estão mais satisfeitos do que aqueles que continuam utilizando bancos tradicionais. Segundo pesquisa do Google, 71% dos ouvidos estão contente com as fintechs, enquanto 42% estão feliz com os bancos tradicionais.

Por outro lado, os bancos continuam a ser o principal provedor de serviços, como conta-corrente, investimentos e cartão de crédito, para 46% dos consumidores.

Os números foram revelados por uma pesquisa realizada pelo Google com 800 consumidores on-line entre 16 e 20 de novembro para entender a relação deles com a nova geração de empresas de serviços financeiros que surgiram nos últimos anos. Levantamento do Radar FintechLab indica que as fintechs estão em ascensão no Brasil: no final do primeiro semestre de 2018, o Brasil já contava com mais de 450 startups financeiras em operação.

Por que querem fintechs?

Ainda que o preço ou taxas seja o principal fator no momento de escolha de uma instituição financeira, além da segurança e confiança na marca, a melhor experiência com as plataformas também é um item relevante para um amplo número de consumidores. Para 34,5% dos entrevistados na pesquisa, um serviço mais rápido é importante, enquanto para mais de 30% é importante a facilidade em realizar ações e o atendimento ao cliente.

A pesquisa também mostra que 34,6% das pessoas não estão dispostas a trocar seu provedor de serviços financeiros. Entre os que estão dispostos a mudar, porém, é significativo o número de pessoas que buscam informações no Google (24,6%) e assistem a vídeos no YouTube (16%). Dados internos do Google mostram que o YouTube desponta como grande influenciador entre os clientes de fintechs, com alta de 3,5 vezes nas visualizações sobre o tema na plataforma em 2018.

Confira outros insights da pesquisa:

· 46% dos consumidores ainda utilizam instituições financeiras tradicionais como provedores de serviços financeiros;

· O grau de satisfação está intimamente correlacionado com o tipo de instituição financeira usada: dentre os clientes de fintechs, 71% diz estar satisfeito. Para instituições tradicionais, esse percentual é 42%;

· Com relação à insatisfação, 19% dos clientes de fintechs se dizem insatisfeitos, enquanto a participação é de 25% para quem usa serviços tradicionais;

· O serviço mais usado para quem é cliente de bancos tradicionais é conta-corrente;

· O serviço mais usado para quem é cliente de fintechs é cartão de crédito;

· Dentre as pessoas que usaram serviços de empréstimos, o grau de insatisfação é muito maior quando comparado aos outros serviços financeiros (43% está insatisfeito, contra 25% na média das outras subverticais);

· Para quem é cliente de instituições tradicionais, o fator decisivo para mudar é achar uma opção com taxas mais baixas, mas a boa experiência nas plataformas começa a ganhar importância entre os entrevistados;

· Para quem é cliente de bancos tradicionais, a principal influência para mudança ainda é a indicação de amigos, mas uso da Busca e do YouTube é significativo para obter mais informações sobre fintechs;

· Dentre os que estão muito insatisfeitos, 52% não sabe para qual outro provedor mudaria.