Home  >  Negócios

IBM anuncia unidade de negócios de AI para RH

Talent & Transformation visa ajudar empresas no processo de transformação de gestão e cultura do setor de Recursos Humanos

Da Redação

29/11/2018 às 12h25

Foto: Shutterstock

A IBM anunciou nesta quarta-feira (28/11) o lançamento da unidade de negócios Talent & Transformation, que tem como foco ajudar empresas a transformar a gestão e a cultura da área de Recursos Humanos e inovar no que diz respeito à retenção de talentos, recrutamento, treinamento e engajamento de funcionários, usando o potencial da inteligência artificial (AI, na sigla em inglês).

Desenvolvida por especialistas em ciência comportamental, inteligência artificial e psicologia organizacional-industrial, a IBM Watson Talent Suite aproveita a capacidade analítica e preditiva da AI por meio das seguintes ferramentas:

• Watson Recruitment: analisa o histórico de contratação de uma organização e fontes de dados externas para determinar os atributos-chave para o sucesso em qualquer função e, em seguida, usa a AI para apresentar os candidatos mais qualificados, sem viés, ou seja, sem qualquer tipo de julgamento humano.

• Watson Candidate Assistant: analisa o histórico de emprego e educacional dos currículos, entende as habilidades e faz o casamento entre um candidato e as vagas mais adequadas.

• Watson Career Coach: atua como coach virtual e analisa as habilidades, interesses e eminência dos funcionários, além de fornecer aconselhamento personalizado para traçar caminhos para oportunidades de carreira.

• Watson Talent Frameworks: define as competências e habilidades necessárias para uma estratégia bem-sucedida de talentos e prepara as organizações para lidar com a força de trabalho do futuro.

Mayo Clinic/IBM Watson

• Adverse Impact Analysis (AIA): aproveita o Watson para analisar e identificar possíveis preconceitos inconscientes (BIAS) relacionados ao gênero, raça, idade, educação por meio do histórico de trabalho de uma organização.

Mark Foster, vice-presidente sênior da IBM Global Business Services, comenta que, à medida que as organizações lidam com as exigências de realizar a transformação digital e reinventar seus negócios e processos, por meio da aplicação de novas tecnologias, como AI, automação e blockchain, a maior barreira para o progresso está no acesso a talentos com as habilidades certas para essas demandas. "A IBM acredita que formar uma força de trabalho para competir na era da inteligência artificial é uma discussão tanto sobre cultura quanto sobre tecnologia", destacou.

Tags