Home  >  Inovação

DeepRacer: conheça o mini carro autônomo da Amazon

Vendido por US$ 249, modelo foi criado para facilitar ensino de machine learning para programadores

Guilherme Borini

29/11/2018 às 9h21

Foto: Guilherme Borini

A Amazon Web Services (AWS), divisão de serviços de tecnologia da gigante do varejo Amazon.com, anunciou nesta quarta-feira (28/11), durante sua conferência anual re:invent, em Las Vegas (EUA), o DeepRacer, mini carro de corrida totalmente autônomo impulsionado por técnicas de machine learning.

Mas engana-se quem pensa que o carro de 1:18 é apenas um brinquedo para aficionados por tecnologia. O propósito do DeepRacer vai além do lazer.

O foco da Amazon com o lançamento do produto é trazer uma forma divertida para programadores aprenderem e testarem seus conhecimentos de machine learning. Segundo a empresa, o DeepRacer é uma forma diferente de ensinar a técnica de reinforcement learning (RL) - aprendizado por reforço, no Português.

RL é uma técnica avançada de machine learning que adota uma abordagem muito diferente dos modelos de treinamento do que outros métodos tradicionais de machine learning. A técnica consegue aprender comportamentos muito complexos sem precisar de nenhum dado de treinamento rotulado, e pode tomar decisões de curto prazo enquanto otimiza para um objetivo de longo prazo.

O DeepRacer já estão disponível em pré-venda na Amazon.com nos EUA, mas ainda sem previsão para entregas no Brasil. O preço original é de US$ 399, mas o valor de lançamento é US$ 249.

Especificações

O DeepRacer tem tração nas quatro rodas e bateria suficiente para dirigir por cerca de duas horas. A tecnologia embarcada inclui um processador Intel Atom com Ubuntu, além de software Robot Operating System e do Intel OpenVino para a câmera de 4 megapixels.

Para programar o veículo, usuários têm as opções de criar os próprios padrões de código, ou usar modelos disponibilizados.

O DeepRacer, na verdade, é um desdobramento de um lançamento do ano passado: a DeepLens, câmera de vídeo que tem propósito parecido do mini carro, ensinar programação. No entanto, Andy Jassy, CEO da AWS, disse que a empresa ouviu clientes e percebeu que programadores queriam algo mais interativo e cativante. Foi quando surgiu  a ideia de carrinhos de corrida, até mesmo com uma competição oficial.

Campeonato

Mais do que simplesmente programar e colocar um mini carro autônomo para funcionar, a AWS quer incentivar desenvolvedores a levá-los para as pistas. Por isso, a empresa criou a DeepRacer League, que terá etapas locais durante Summits da AWS realizados em diversas cidades em todo o mundo durante 2019. Os dez melhores colocados na tabela de classificação disputarão a final durante a próxima edição do re:invent, em novembro de 2019, em Las Vegas (EUA).

Antes do início da competição global, a Amazon deu uma amostra da iniciativa aos programadores que participam do evento nesta semana. A empresa preparou uma etapa especial durante a conferência, na qual usuários puderam estudar o modelo, programar na prática e colocar o carro na pista montada na arena do hotel MGM. Os mais bem colocados participarão da final durante keynote nesta quinta-feira (30/11). Saiba mais detalhes sobre a liga.

*O jornalista viajou a Las Vegas (EUA) a convite da AWS