Home  >  Plataformas

Dataprev usa blockchain para informações sobre CPFs

Ferramenta é baseada na GovCloud, plataforma de serviços em nuvem para o governo

Da Redação

23/11/2018 às 9h58

blockchain
Foto: Shutterstock

A Dataprev desenvolveu uma plataforma de blockchain para trocar de informações da base de cadastro dos CPFs. A solução bCPF (Blockchain do Cadastro de Pessoas Físicas) foi desenvolvida para a Receita Federal e busca simplificar o processo de disponibilização desta base de dados, com mecanismos seguros, integrados e eficientes.

O projeto piloto, que contou com participação do Conselho de Justiça Federal, foi lançado na última terça-feira (20/11) e a previsão é de que até julho de 2019 diversas entidades de todos os poderes e esferas estejam usando a solução para a troca de informações da base CPF.

O diretor de Tecnologia e Operações, Matheus Belin, explica que a tecnologia foi implementada em tempo recorde e já apresenta o novo modelo de desenvolvimento da Dataprev, que vem sendo trabalhado por meio área de inovação. A equipe técnica da empresa precisou de apenas quatro meses para conceber e disponibilizar o bCPF em produção.

“É uma outra forma e concepção de desenvolvimento, fora da tradicional, com tempos menores e entregas mais rápidas. Além disso, estamos falando de uma solução que utiliza código aberto, customizada para o ambiente da Receita Federal”, destacou Belin.

GovCloud

Belin lembra que o uso da GovCloud - plataforma de serviços em nuvem para o governo - foi fundamental para garantir agilidade ao processo.

Segundo o executivo, quatro tipos de tecnologias diferentes foram utilizadas no projeto: marketplace, APIs, nuvem e o blockchain propriamente dito. "São quatro matrizes de tecnologia que se transformaram no Blockchain as a service, novo serviço oferecido pela Dataprev", completou.

2019 tendências

O bCPF atende à Portaria RFB nº 1.788/2018, que trata do compartilhamento de dados no âmbito da administração pública federal envolvendo a tecnologia blockchain.

O compartilhamento dos dados cadastrais, como a base no CPF, é uma obrigação das administrações tributárias e está prevista no art. 37, inciso XXII, da Constituição Federal. Além disso, o CPF é um dos números de identificação utilizados no Brasil, com mais de 800 convênios de troca de informações celebrados entre a Receita Federal e vários órgãos.