Home  >  Negócios

D-Link inicia oferta de cabeamento estruturado no Brasil em 2019

Portfólio tem como propósito complementar soluções de conectividade que a empresa já oferece no país

Da Redação

23/11/2018 às 18h31

Foto: Shutterstock

A D-Link iniciará oferta de soluções para cabeamento estruturado no Brasil em 2019.

O foco, segundo a empresa, é melhorar a organização da rede corporativa e minimizar custos por danos de equipamentos, visando padronizar a estruturação da rede em médias e grandes empresas.

Rodrigo Paiva, gerente de marketing e produtos da D-Link, explica que parte das empresas compram switches e conectam os cabos de rede direto deles nos computadores, o que pode gerar danos futuros não só aos cabos mas também aos próprios switches, devido a desgastes de manutenção, alteração e recolocação dos produtos.

Para evitar gastos com as frequentes trocas de equipamento e garantir a eficiência e a qualidade no sistema de rede das empresas que a D-Link lançou as soluções de cabeamento estruturado.

"A marca já possui um vasto portfólio de produtos ativos, que são aqueles que necessitam de energia para o funcionamento, e agora deseja integrar os equipamentos passivos para que todo sistema de conexão das empresas seja feito com produtos da D-Link e tenha a qualidade e eficiência oferecidas pela marca", disse Paiva.

Soluções

Para implantar o cabeamento estruturado de cobre dentro das empresas são utilizados patch panels, keystones, patch cords e face plates, todos produzidos pela D-Link.

Caso a rede seja de fibra ótica, serão necessários conectores de fibra, bulk cable, patch cords de fibra, slideing LIU, pigtals de fibra e adapters de fibra ótica para instalar o sistema de cabeamento estruturado. Toda essa linha de fibra da D-Link tem os suprimentos necessários fornecidos pela Corning, especialista em vidros e no mercado de cabos de fibra ótica.

A partir de 2019, as soluções poderão ser solicitadas diretamente aos representantes da D-Link.

Tags