Home  >  Inovação

Nokia anuncia o Future X for Industries, iniciativa para indústria 4.0

Laboratório reúne redes e portfólio sob medida que mostram o compromisso da Nokia com mercados industriais

Da Redação

14/11/2018 às 15h22

Foto: Shutterstock

A Nokia anunciou, em parceria com os Bell Labs - subsidiária da Nokia -, a inauguração do 'Future X for industries', laboratório para gerar um salto de produtividade em diversos setores da indústria.

À medida que tecnologias como Internet Industrial das Coisas (IIoT), edge computing, inteligência aumentada e análise avançada de segurança se tornam realidade, o processo de transformação digital ganha em aceleração, em setores como os de manufatura, logística, transporte e energia, bem como nos governos e nas cidades.

A abordagem da Nokia visa contribuir para uma nova era em que a produtividade e a interação homem-máquina vão abrir a possibilidade de gerar trilhões de dólares em valor econômico na próxima década, na era da quarta revolução industrial.

Marcus Weldon, Presidente dos Nokia Bell Labs, comenta que a indústria sempre caminha em busca de níveis melhores de rentabilidade, o requer o máximo de produtividade. "Hoje é possível acelerar a transformação digital em empresas que atuam no âmbito físico e também no próprio âmbito digital, obtendo incríveis ganhos de produtividade. A arquitetura Future X for industries foi desenhada para estabelecer as bases da revolução da Indústria 4.0, em sintonia com a visão Future X Network que publicamos em 2015 como referência, na época, para os provedores de serviços", disse.

Arquitetura Future X

A Nokia explica que arquitetura Future X for industries reúne camadas de tecnologia desenhadas para atender a requisitos especificamente industriais:

• Camada de Aplicações de Negócios: integra aplicações específicas de acordo com o segmento de atividade, sobre manutenção preditiva, força de trabalho, eficiência, sagurança e otimização de ativos;

• Camada de Plataformas de Valor Digital: alicerça automação industrial, operações digitais e análise cognitiva; fundamenta as redes e os dispositivos;

• Camada Multi-Cloud : entrega proximidade e elasticidade nas análises, para assegurar que sejam cumpridos os exigentes requerimentos de performance de que as aplicações críticas precisam, a partir de diferentes modelos de nuvem, de locais a edge e híbridos;

• Camada de Rede de Alta Performance : oferece conectividade específica, ultraconfiável, com e sem fio, para tudo conectar : força de trabalho, dispositivos, máquinas, ferramentas, nuvens, parceiros e clientes, de forma flexível e integrada.

Cada uma das camadas recebe um profundo tratamento de cibersegurança que cuida de processos em curso e da chegada de novas tecnologias, para proteger, de ponta a ponta, as informações e a infraestrutura, graças ao papel da rede, que atua como detectora e mediadora.

Tags