Home  >  Negócios

iFood recebe aporte de US$ 500 milhões

Foco é ampliar a infraestrutura do aplicativo para levar novas tecnologias ao serviço de delivery

Da Redação

13/11/2018 às 15h02

Foto: Shutterstock

A Movile, marketplace brasileiro de aplicativos, anunciou nesta terça-feira (13/11) um investimento de US$ 500 milhões (em torno de R$ 1,9 bilhão) para ser aplicado no aplicativo de delivery iFood, em valor que virá da própria Movile e de outros fundos que já são sócios, como Naspers e Innova Capital.

Fabrício Bloisi, presidente do conselho da Movile, afirmou que tanto iFood quanto Movile já valem mais de US$ 1 bilhão desde o ano passado, sendo considerados unicórnios (startups que passam o valor de US$ 1 bi). Mas a informação não foi amplamente divulgada como por outras startups, já que, para Bloisi,  a ideia de unicórnio traz uma distração para a empresa. "Somos uma companhia que fala pouco e fazemos menos. Nossas métricas são outras como número de usuários e funcionários", disse.

O último grande aporte recebido pela Movie foi no começo de 2017, quando os fundos de investimentos citados investiram US$ 124 milhões. Esta é a sétima rodada de investimento no iFood, que teve a última em julho de 2016, quando recebeu aporte de US$ 30 milhões da Movile.

Com o novo aporte, o foco é ampliar a infraestrutura do iFood para levar novas tecnologias ao aplicativo. Segundo Bloisi, o serviço cresce 140% a cada ano e tem 16 vezes o tamanho do rival Uber Eats. Nos últimos 12 meses, o serviço do iFood foi utilizado por mais de 9 milhões de pessoas, somando mais de 50 mil restaurantes associados e 120 mil entregadores.