Home  >  Carreira

Ideval Munhoz deixa comando da T-Systems no Brasil

Angelica Vitali, vice-presidente de delivery da companhia, assumirá a função de Managing Director interinamente

Da Redação

08/11/2018 às 13h23

ideval munhoz
Foto: Divulgação/T-Systems

A provedora alemã de serviços de tecnologia T-Systems tem mudança de comando no Brasil. Ideval Munhoz está deixando a presidência da empresa, após seis anos à frente da operação. O executivo, segundo a companhia, assumirá novos desafios fora do grupo Deutsche Telekom, dono da T-Systems.

Angélica Vitali, atual vice-presidente de Delivery da companhia, ocupará o cargo interinamente até que a empresa defina o novo nome para a posição.

A executiva ingressou na gedas em 2003, para atuar na expansão dos negócios fora do Grupo Volkswagen. Em 2007, após a integração da gedas à T-Systems, Angélica foi responsável pela área de Application Development and Software Factory, e também pelo estabelecimento do Centro de Produção (POP), em Blumenau, assumindo em 2009 a posição de Head of SI Business Operations. Em 2012 assumiu a Vice-Presidência de Service atuando fortemente junto aos clientes locais e a área de ITO e em 2015 assumiu a Vice-Presidência de Delivery da T-Systems do Brasil.

Com presença em mais de 20 países, 37,9 mil funcionários e vendas externas de € 6,9 bilhões (2017), a T-Systems é focada na oferta de serviços digitais. Presente no Brasil desde 2001, com 13 escritórios, dois data centers Twin-Core ambos com certificação Tier III, é responsável também pela gestão de dois grandes data centers de seus clientes do segmento automotivo e mais de 2 mil colaboradores.