Home  >  Plataformas

Uma em cada três assinaturas móveis na AL é 4G LTE

Participação frente às demais tecnologias móveis já alcançou 34,6% em meados de 2018

Da Redação

07/11/2018 às 15h10

Smartphone
Foto: Shutterstock

As assinaturas móveis com tecnologia Long Term Evolution (LTE) chegaram a um total de 241 milhões na América Latina, segundo dados fornecidos para a 5G Americas pela empresa de inteligência de mercado Ovum. Os números referem-se a junho deste ano.

Na região, no mesmo período, foi registrado um total de 697 milhões de assinaturas móveis ativas, na qual a participação da 4G LTE em relação às tecnologias de segunda geração (2G) e de terceira geração (3G) alcançou 34,6%. Ou seja, uma em cada três linhas móveis latino-americanas conta com tecnologia 4G LTE.

O número, segundo a 5G Americas, representa um avanço considerável em relação ao ano anterior, quando a LTE alcançava um total de 159 milhões de assinaturas e sua participação delimitava 23%.

Para o final de 2018, a expectativa é de que LTE alcance os 258 milhões de assinatura e elevar sua participação até 36%, segundo projeções da Ovum. Para 2022, a estimativa é que a expansão se estenderá até os 504 milhões de assinaturas, e uma participação de 64% sobre o total de assinaturas móveis.

Jose Otero, diretor da 5G Americas para América Latina e Caribe, comentou que, apesar de todo o setor de telecomunicações se encontrar seguindo com atenção para o desenvolvimento da próxima geração de tecnologias móveis 5G, o 4G ainda tem muito caminho adiante na região e no mundo. "As operadoras móveis latino-americanas continuarão em um futuro próximo evoluindo suas redes LTE-Advanced e LTE-Advanced Pro, que apresentam significativas melhoras para a 4G LTE e a base para o futuro desenvolvimento da 5G na região", disse.

Tags