Home  >  Plataformas

Qual o futuro da Cortana após a saída de líder da plataforma?

Javier Soltero deixa Microsoft e coloca em dúvida o futuro da assistente digital

Mark Hachman | PCWorld EUA

07/11/2018 às 16h12

cortana
Foto: Shutterstock

Javier Soltero, que liderou brevemente o desenvolvimento do assistente digital da Microsoft, a Cortana, anunciou que deixará a empresa.

Soltero confirmou sua decisão via Twitter depois que o portal ZDNet divulgou a notícia na última terça-feira (06/11). Representantes da Microsoft não haviam respondido anteriormente pedidos de comentários, mas confirmaram sua saída após a mensagem no Twitter de Soltero.

"Os últimos 4 anos foram uma experiência incrível. Eu me sinto honrado por ter sido parte da construção de algo que mais de 100 milhões de usuários dependem todos os dias e sou grato por ter trabalhado com pessoas incríveis", escreveu Soltero.

O executivo se disse profundamente otimista de que a Microsoft continuará a crescer construindo ótimos produtos para pessoas em todo o mundo. "Sou grato por ter aprendido muito sobre o que é realmente necessário para ter sucesso em grande escala e esperamos colocar essas lições para trabalhar em algo novo."

Soltero assumiu a liderança da Cortana em um momento em que os rivais Amazon Alexa e Google Assistente provavelmente saíram na frente em termos de sofisticação do produto. A nomeação de Soltero foi parte de uma grande reorganização da Cortana sob o comando de Rajesh Jha, como parte do grupo Experiences and Devices. Por sua parte, Soltero caracterizou Cortana menos como uma verdadeira assistente, e mais uma ferramenta que pode surgir apenas quando for realmente necessário, disse ele em uma entrevista em abril.

O que vem a seguir para a Cortana?

Não está claro quem irá liderar a Cortana quando Soltero for embora. (Soltero não disse exatamente quando deixaria a Microsoft. O ZDNet informou que partiria no final do ano).

windows 10

Parece, no entanto, que a Cortana - como assistente - será liderada por algum um funcionário graduado do grupo de inteligência artificial da Microsoft. Em um comunicado, a empresa disse ser grata pelo impacto e liderança estratégica de Javier nos últimos quatro anos na Microsoft. "Desejamos a ele boa sorte ao retornar às suas raízes empreendedoras", disse um porta-voz da Microsoft em um comunicado. “Reunir todo o nosso trabalho em linguagem natural, inteligência e assistência - incluindo a Cortana - nos permite inovar mais rapidamente para desenvolvedores, parceiros e clientes.”

Se isso for verdade, a Microsoft certamente preparou o cenário para o downgrade da Cortana. Depois de alguns anos de trabalho, o Alexa, da Amazon, foi integrado ao Windows como uma “habilidade” da Cortana em novembro. A Cortana agora também está disponível em dispositivos com o Alexa, como o Echo Dot.

A última atualização do Windows 10 da Microsoft, a October 2018 Update, continha muito pouca novidade no Windows específica para a Cortana. Por outro lado, a Microsoft prometeu um novo aplicativo Cortana para Android e iOS em conjunto com o novo Surface Headphones, e esse aplicativo está agora disponível para dispositivos Android.

Por que isso é importante: parece que a Microsoft pode estar mudando suas prioridades para Cortana, vendo-a como um veículo para o que ela faz - uma interface de conversa para seu calendário e outros dados - em vez do que ela originalmente era: uma personalidade digital. Sempre houve uma tensão dentro da Microsoft entre produtividade e personalidade, e parece que o lado mais prático ganhou.