Home  >  Negócios

Accesstage investe R$ 2 milhões em empresa de análise de dados e BI

IN10 é nova aposta de transformação digital da companhia especialista em soluções para intercâmbio de dados financeiros

Da Redação

06/11/2018 às 12h05

investimento.
Foto: Shutterstock

A Accesstage, especialista em soluções para intercâmbio de dados financeiros, anunciou a realização de um investimento de R$ 2 milhões na IN10, empresa especialista em análise de dados e business intelligence.

A IN10 fornece, além de tecnologia, a inteligência na consolidação e apresentação dos dados de forma ágil para a tomada de decisão para as empresas, com o objetivo de promover o crescimento de forma sustentável, com qualidade e segurança nas informações.

Mário Takami, CEO da companhia, afirma que o coração do negócio da empresa é entender quais são os dados estratégicos para que a empresa possa monitorá-los em tempo real. "Fazemos todo processo para unificar dados em uma única base, onde o cliente passa a explorar as informações e melhorar a tomada de decisão da empresa", explicou.

Uma das crescentes demandas do mercado, segundo Takami, é a estratégia de análise preditiva, que é a junção da análise do alto volume de informações que é criado diariamente e algoritmos para prever tendências em futuro próximo ou distante. Ter a predição do clima indicando chuvas, por exemplo, auxilia na preparação de uma rede de cinemas para receber um número maior de clientes naquele período.

A empresa atende todos os tipos de segmentos e possui mais de cem clientes satisfeitos, entre eles, a própria Accesstage. A parceria surgiu de uma necessidade interna de BI, que custaria tempo e alto recurso financeiro. Após o trabalho implementado na empresa, surgiu a parceria. “Antes de ir para o mercado com a solução da IN10, implantamos dentro de casa. Hoje, a área responsável por gerar os resultados da empresa e traçar sugestões de estratégias e melhorias de negócio, utiliza as plataformas de inteligência da IN10 e o resultado é muito mais eficaz. Conseguimos descobrir tendência de negócios, analisar os dados em tempo real e ter a informação de forma mais rápida”, comentou Celso Sato, presidente da Accesstage.