Home  >  Inovação

FGV lança clínica de mentoria para startups e empreendedores

Iniciativa visa funcionar como ambiente a fim de conectar pessoas onde elas possam trocar informações, colaborar, cocriar e empreender

Da Redação

05/11/2018 às 9h40

modelo de negócios startup
Foto: Shutterstock

O Núcleo de Estudos em Startups, Inovação, Venture Capital e Private Equity da Fundação Getulio Vargas (FGVnest) anunciou o lançamento da Clínica de Mentoria em Tecnologia, Programação e Inovação para Startups e Empreendedores (CMenT). O foco, segundo a instituição, é ser um ambiente a fim de conectar pessoas onde elas possam trocar informações, colaborar, cocriar e empreender. A coordenação será dos professores da FGV EMAp, Renato Rocha Souza e Flávio Codeço Coelho.

Souza explica que serão realizadas mentorias gratuitas para startups e empreendedores com o objetivo de contribuir ativamente para o desenvolvimento do ecossistema empreendedor de alto impacto. "A CMenT atuará como um "hub"', conectando empreendedores e startups com mentores, empresas, investidores, alunos, professores e demais parceiros do FGVnest", afirmou Souza.

A CMenT está sendo lançada com duas verticais: Lawtechs (direito) e Biotechs/Health Techs (biotecnologia e saúde). Mas, segundo Coelho, existe a ideia de expandir rapidamente para outras vertentes e áreas específicas. Coelho será o responsável pela área de Biotechs/Health Techs. Já a vertical Lawtechs será liderada pelo professor Rafael Alves de Almeida, coordenador da pós-graduação lato sensu da Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio).

"Esta é mais uma ótima iniciativa para incentivarmos o empreendedorismo legal, a criatividade e o networking. São ações que definitivamente contribuem para o fortalecimento do ecossistema e para ampliação de novas oportunidades", destacou Almeida.

O FGVnest, além do lançamento da CMenT, anunciou também duas novas parcerias institucionais: com a Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) e com o Instituto Oswaldo Cruz, da Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). O objetivo é desenvolver e fomentar trabalhos acadêmicos, pesquisa aplicada, relatórios técnico-científicos, workshops, seminários, entre outros projetos nas áreas temáticas de interesse, além de fortalecerem as verticais Lawtechs e Biotechs/Health Techs.