Home  >  Negócios

Google investirá US$ 25 milhões em projetos de AI para fins sociais

"Desafio Google de Impacto em AI" visa ajudar organizações selecionadas a dar vida às suas propostas com mentoria de especialistas em AI do Google

Da Redação

31/10/2018 às 13h01

Foto: Shutterstock

Google anunciou nesta terça-feira (30/10) que está unificando seus esforços de pesquisa e engenharia na aplicação de inteligência artificial a projetos de impacto social positivo num novo programa chamado Inteligência Artificial para o Bem Social.

Como parte da estratégia, a companhia também lançou o "Desafio Google de Impacto em AI", que convida organizações sem fins lucrativos, estudiosos e empreendedores sociais de todo o mundo para inscrever propostas sobre como usar a tecnologia em questão para enfrentar os grandes problemas sociais, humanitários e ambientais do mundo.

"Estamos aplicando AI em parceria com organizações externas, para trabalhar em soluções de uma série de problemas", escreveu Jeff Dean, Google Senior Fellow e SVP, Google AI e Jacquelline Fuller, VP,  Google & President, Google.org em post publicado no blog do Google. "Estamos longe de ter todas as respostas, e nem mesmo conhecemos todas as perguntas. Queremos que pessoas das mais diversas origens e áreas de conhecimento apontem problemas que podem ser solucionados com auxílio da AI e empoderá-los para que eles tenham a autonomia de criar soluções", complementaram.

O "Desafio Google de Impacto em AI" visa ajudar organizações selecionadas a dar vida às suas propostas com mentoria de especialistas em AI do Google, um total de até US$ 25 milhões em bolsas concedidas pelo Google.org, além de créditos e consultoria do Google Cloud.

Os beneficiários também participarão de um programa especializado do Launchpad Accelerator, iniciativa de aceleração de startups do Google. Além disso, os projetos selecionados receberão suporte adicional customizado de acordo com as necessidades de cada projeto em colaboração com o DataKind, organização sem fins lucrativos de ciência de dados. "No primeiro semestre de 2019, um painel internacional de especialistas que trabalham com Ciências da Computação e o terceiro setor, nos ajudará a escolher as propostas", explicou o Google.

Quem o Google busca?

De acordo com o comunicado da empresa, a expectativa do desafio não é, necessariamente, atrair especialistas em Inteligência Artificial. Qualquer organização sem fins lucrativos ou pesquisador(a) que tenha uma boa ideia (ou vontade de desenvolver uma grande ideia) estão aptos a participar. Para esses "mais leigos" no tema, o Google criou um guia educativo com uma introdução à AI e aos tipos de problema que ela ajuda a solucionar, além de workshops nas principais cidades do mundo.

Entre os exemplos que o Google dá está o uso da AI para prevenir enchentes e até mesmo ajudar a conectar jovens desempregados a empregos.

"Estamos muito animados para conhecer as ideias de organizações sem fins lucrativos, desenvolvedores e empreendedores sociais de todo o mundo, e nosso objetivo é apoiá-los da melhor forma possível", escreveram Dean e Jacquelline.