Home  >  Negócios

SoftwareONE anuncia aquisição da Comparex

Empresa combinada abrigará mais de 5,5 mil funcionários, formando uma força de trabalho “otimizada para software e gerenciada em nuvem”

Da Redação

24/10/2018 às 17h21

lideranca_fusoes_aquisicoes_negocios.jpg
Foto: Shutterstock

A SoftwareONE chegou a um acordo para adquirir 100% das ações da Comparex, provedora global de serviços de TI, da Raiffeisen Informatik GmbH. Os termos da aquisição não foram divulgados.

Com a fusão, a Comparex aprimorará as ofertas de clientes da SoftwareONE, combinando o talento, o conhecimento e os recursos. Após a combinação, o SoftwareONE ajudará os clientes a otimizar e gerenciar cerca de 10 bilhões de euros em compras de software.

A nova empresa combinada terá um alcance global expandido por 88 países, o que permitirá aos clientes receber suporte no idioma local, onde quer que atuem, de mais de 5,5 mil funcionários. Um portfólio abrangente de serviços e soluções, apoiado pelo investimento comprovado e contínuo em inovação, proporcionará aos clientes soluções mais avançadas, incluindo o PyraCloud da SoftwareONE, uma plataforma com liderança no setor para gerenciamento de cadeia de suprimentos de software digital.

“Como uma empresa privada, analisamos cuidadosamente as aquisições em potencial para garantir que estamos utilizando melhor o nosso capital. Juntamente com nosso investidor KKR, passamos um tempo considerável buscando incessantemente o parceiro ideal e estamos convencidos de que encontramos este parceiro com a COMPAREX. Juntas, seremos orientadas pelos valores fundamentais da SoftwareONE, enquanto continuamos a transformar o setor. Os fundadores da SoftwareONE continuarão a ser os acionistas majoritários da empresa combinada”, disse Daniel von Stockar, presidente do conselho administrativo da SoftwareONE.

A SoftwareONE continuará a manter sua sede em Stans, na Suíça. Juntas, a empresa terá mais de 200 locais em 88 países, com capacidade de suporte em 150 países. O campus de Leipzig da COMPAREX continuará a desempenhar um papel importante no atendimento aos clientes globais e da EMEA (Europa, Oriente Médio e África).

O fechamento está previsto para o primeiro semestre de 2019. A aquisição está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo o recebimento das aprovações regulamentares exigidas.