Home  >  Negócios

Chapecoense adota ERP e HCM da Senior

Clube aposta em transformação digital para consolidação da governança corporativa

Da Redação

24/10/2018 às 15h33

Foto: Shutterstock

A Chapecoense, clube de futebol da cidade de Chapecó (SC) que disputa a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, está apostando em tecnologias para otimizar sua governança corporativa. O clube adotou soluções da fornecedora brasileira Senior, implementadas pelo canal Prisma Software.

As ferramentas implementadas são a de Gestão Empresarial ERP e Gestão de Pessoas HCM, para obter maior agilidade das atividades, reduzir retrabalhos, aumentar a confiabilidade dos dados e tornar a administração ainda mais profissional. Além disso, processos financeiros, fiscais, contábeis e de recursos humanos, bem como processos de compras, controle de estoque, contratos, licenciamentos e contratos com atletas serão otimizados.

Roberto Aurélio Merlo, diretor Administrativo e Financeiro da Chapecoense, conta que, após a identificação dos processos e fluxogramas das atividades do clube – bem como a implementação da controladoria e da auditoria interna -, foi necessário buscar um software que atendesse a necessidade de desenvolver e potencializar a gestão da instituição. “O “ERP da Senior, fornecido pela Prisma, é completo e eficiente em todos os módulos necessários para a gestão econômica e financeira do clube. Reduz processos internos, agiliza a tomada de decisões e gera resultados mais rápidos e precisos, tudo isso de uma forma prática, automatizada, especialista e simplificada, facilitando a gestão do clube e identificando maneiras mais eficazes de gerir o patrimônio da nossa Chape. É uma solução que buscamos no mercado e hoje, no processo de implantação, tem demonstrado a eficácia em trazer mais agilidade, mais segurança e mais transparência nos processos internos”, destacou.

Para Aldo Bortolanza, presidente do Conselho Fiscal da Chapecoense, a implementação do sistema facilitará as atividades de todos e promoverá ainda mais organização e rapidez de informações. “Com o novo sistema, todas as operações serão integradas, dando muito mais segurança e confiabilidade aos processos. O Conselho Fiscal precisa obter todas as contas e os números demonstrados corretamente e esse sistema irá proporcionar muito mais informação, de forma mais rápida, ágil e correta” diz.