Home  >  Negócios

Instagram: 5 dicas para fazer negócios na rede social

Rede social ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários

Da Redação

20/10/2018 às 10h45

Foto: Shutterstock

O Instagram tem despontado como um dos canais eficazes para prática do e-commerce. A rede social conta com 1 bilhão de usuários no total, sendo 50 milhões de perfis ativos no Brasil - marca expressiva para impulsionar negócios.

Samuel Pereira, especialista em marketing digital e autor do livro "Atenção: o Maior Ativo do Mundo”, destaca que os números mostram algo muito simples: não dá para ficar de fora dessa rede. “Ela atrai muita gente e é uma das mídias sociais mais poderosas quando se trata de interação”, disse.

Com essa realidade do Instagram já instalada, quem quer fazer negócio pela internet deve sempre pensar em estar na frente de todos os concorrentes, mas com as estratégias corretas. Após um período de pesquisa e análise da própria marca, Pereira definiu seis dicas simples – e muito efetivas – para transformar um Instagram de negócios e aumentar as vendas, que é o objetivo principal. Confira:

1. Cuide do seu nome no perfil

Qual é a maneira mais efetiva de achar o que estava procurando nas ferramentas de busca da internet, como o Google? Procurando as palavras-chave que mais têm a ver com o assunto em questão. Por isso, a identificação de um negócio precisa ser a mais direta possível no Instagram, a começar pelo nome do perfil. Essas palavras-chave não podem ser escolhidas sem critério. “Não cheguei [às minhas palavras-chave] aleatoriamente. São termos que têm a ver com o meu negócio e já indicam para as pessoas que visitam o meu perfil sobre o que ele é. É importante já pensar nos seguidores que você irá começar a atrair”, alerta.

2. Coloque as hashtags certas

As hashtags ajudam a ampliar o alcance de uma publicação, porque a insere em um segmento de busca dentro do Instagram. Assim, a publicação de um negócio pode aparecer quando alguém pesquisar aquela palavra ou termo com o “#” na frente. É fundamental, também, não encher a postagem de hashtags, uma vez que elas podem deixar o post poluído e até enfraquecerem a mensagem. “Uma dica é não colocar as hashtags diretamente no post, mas no primeiro comentário”, sugere o especialista.

3. Crie parcerias

É possível – e dá um bom resultado – fortalecer uma marca ao uni-la em parceria com outra que tenha a ver com o negócio. Pode acontecer tanto na troca de postagens como na troca de serviços. “Sempre prefira que as pessoas postem outra vez o seu conteúdo diretamente em suas timelines, pois isso gera mais alcance e engajamento; ou você pode oferecer um serviço no qual é especializado gratuitamente a um influenciador e ele, em troca, divulga seu trabalho”, explica.

4. Conte boas histórias

“Você precisa ter um assunto para que as pessoas se sintam instigadas a comentar ou curtir aquele post”, comenta o especialista. A ideia é sempre fazer publicações com propósito, ou seja, com alguma explicação, alguma história por trás. Se isso não for pensado, há chances de que a postagem tenha pouca interação e, assim, pouco alcance. “As pessoas leem, sim, as legendas das postagens no Instagram se for interessante para elas.”

5. Preste atenção em suas métricas

É fundamental analisar os resultados de cada postagem feita: separar as que tiveram mais interação, mais alcance e entender o porquê. O mesmo deve ser feito com as postagens que não surtiram o efeito desejado. Feito isso, já é possível encontrar um “padrão” do que funciona para o negócio. “Como já dizia a frase de Peter Drucker: ‘O que pode ser medido, pode ser melhorado’”, conclui.

Tags