Home  >  Negócios

Amazon e startup CargoX trabalham em projeto de logística no Brasil, diz Bloomberg

Segundo reportagem, parceria tem foco em usar caminhos à prova de balas para transportar itens valiosos, como produtos eletrônicos

Da Redação

05/10/2018 às 17h11

Foto: Shutterstock

A Amazon trabalha em conjunto com a startup brasileira de transporte de cargas CargoX em um novo projeto piloto de logística em nosso país, segundo informações da Bloomberg.

De acordo com a reportagem, que cita uma pessoa próxima do assunto como fonte, a parceria visa o transporte de bens valiosos, como produtos eletrônicos, por meio de caminhões à prova de balas.

“Como os caminhões pesados são mais lentos e tendem a reduzir o ritmo de entregas, dados preditivos e outras tecnologias serão usadas para acelerar as coisas, aponta a pessoa, que pediu para não ser identificada porque as conversas são privadas”, afirma o texto em questão sobre a possível parceria.

Procurada pela reportagem da Bloomberg, a assessoria Amazon afirmou não comentar rumores ou especulação. Já a CargoX se recusou a comentar o assunto.

Investimentos

Conhecida como “Uber dos caminhões” e uma das startups mais desejadas pelos profissionais no mercado brasileiro, conforme levantamento do LinkedIn, a CargoX recebeu no final do ano passado um aporte de 66 milhões de reais, liderado pelo GOldmand Sachs.

Essa rodada de investimento, Série C, aconteceu após as rodadas de Série A e B em que a empresa brasileira levantou 46 milhões de reais, levando o total de investimentos a 112 milhões de reais.