Home  >  Plataformas

Centrium Sistemas migra ERP para nuvem com plataforma GeneXus

Sistema opera na plataforma web utilizando as melhores práticas e podendo ser hospedado na nuvem ou no servidor do cliente

Da Redação

03/10/2018 às 17h58

ERP Cloud
Foto: Shutterstock

A Centrium Sistemas, desenvolvedora de software para pequenas e médias empresas, adotou a plataforma de inteligência artificial da GeneXus para automatizar a migração de seu ERP (Enterprise Resource Planning) para a nuvem.

O foco era preservar o conhecimento do negócio dos clientes que estavam embutidos nos códigos fontes, além de conseguir acompanhar as evoluções da tecnologia de informática.

Nativo do DOS e posteriormente atualizado para o Windows, agora o sistema opera na plataforma web utilizando as melhores práticas e podendo ser hospedado na nuvem ou no servidor do cliente em casos em que a internet local ainda é muito limitada.

Mauricio de Carvalho, sócio proprietário da Centrium Sistemas, comenta que, enquanto os principais concorrentes estão estudando sobre para qual linguagem eles irão migrar, a Centrium saiu à frente, o que, segundo ele, permite não só proteger a base instalada, como também possibilita entrar em alguns negócios nos quais essa percepção de inovação é um diferencial competitivo.

Em aproximadamente seis meses, a Centrium reescreveu todo o legado Windows, que resultou na entrega de um produto mais robusto, tecnologicamente mais avançado, padronizado e capaz de acompanhar as demandas de evolução da tecnologia. "Tivemos que abandonar um pouco da visão de programadores e nos voltarmos mais para pensar nas necessidades dos clientes", destaca Carvalho.

Para o country manager da GeneXus Brasil, Ricardo Recchi, a automatização de desenvolvimento de softwares oferece um diferencial disruptivo para o mercado da tecnologia. Assim como empresas de todos os setores estão automatizando suas atividades que demandam muitos recursos e tempo, a programação de software deve seguir a mesma estratégia. “ A GeneXus se preocupa em manter sua plataforma low-code atualizada com as mais recentes tecnologias, enquanto seus clientes podem se concentrar em prover melhores experiências aos seus usuários e não necessariamente em linguagens de programação”, finzaliza Recchi.

A plataforma foi adquirida por meio da BXT (Business XtremeTechnologies), distribuidora regional da GeneXus Brasil.

Tags