Home  >  Negócios

Após críticas, Amazon aumenta salário mínimo de funcionários nos EUA

A partir de novembro, a empresa de Jeff Bezos passará a pagar US$15 por hora aos seus trabalhadores, fixos e temporários

Da Redação

02/10/2018 às 18h05

Foto: Shutterstock

A gigante de tecnologia Amazon anunciou nesta terça-feira, 2/10, que vai aumentar no próximo mês o salário mínimo dos seus funcionários nos Estados Unidos, que passarão a receber 15 dólares por hora – em vez dos atuais 11 dólares por hora.

Segundo um comunicado da empresa, o aumento entra em vigor a partir de 1º de novembro e será válido para todos os seus 250 mil funcionários nos EUA, além dos mais de 100 mil profissionais temporários para as festas de final de ano.

“Escutamos as nossas críticas, pensamos bem sobre o que queríamos fazer, e decidimos que queremos liderar. Estamos animados com essa mudança e encorajamos os nossos concorrentes e outras grandes empresas a se juntarem a nós”, afirmou em nota o fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezos, considerada a pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes, com uma fortuna estimada em 163 bilhões de dólares.

A companhia também pretende levar o assunto ao congresso, em busca de aumentar o salário mínimo federal nos EUA, que atualmente é de 7,25 dólares por horas. “Pretendemos defender um aumento no salário mínimo que tenha um impacto profundo nas vidas de dezenas de milhões de pessoas e famílias ao redor do país”, explicou o VP sênior de assuntos corporativos globais na Amazon, Jay Carney.

Conforme aponta reportagem da Reuters, analistas de mercado estimam que esse aumento de salário terá um custo anual em torno de 1 bilhão de dólares para a Amazon, mas esse valor seria compensado por um aumento recente de 20 dólares na assinatura anual do Prime.

O senador americano Bernie Sanders, do partido Democrata, que já tinha feito diversas críticas contra a Amazon e Jeff Bezos, elogiou a iniciativa da empresa em sua página no Facebook nesta terça, 2/10. “Hoje quero dar o crédito onde é merecido. E quero parabenizar o Sr. Bezos por fazer exatamente a coisa certa. Hoje ele aumentou o salário mínimo na Amazon e na Whole Foods a partir do próximo mês. Isso se aplica não apenas aos funcionários em tempo integral, mas aos trabalhadores meio período e temporários também.”