Home  >  Plataformas

JHSF contrata solução de backup as a service da Think About IT

Foco era eliminar a necessidade de executar o backup de madrugada

Da Redação

29/09/2018 às 16h08

backup
Foto: Shutterstock

A JHSF Participações, administradora shopping centers, adotou uma solução de backup as a service da Think About IT, empresa focada em soluções, serviços especializados e gestão de infraestrutura de TI.

O foco era eliminar a necessidade de executar o backup de madrugada, o que exigia um tempo extremamente curto para rodar a rotina. A equipe da JHSF foi em busca de uma solução eficiente, rápida e que pudesse ser feita de forma descentralizada.

"Precisamos atender todas as unidades de negócios ao mesmo tempo, e todos os backups devem terminar até às 6 horas da manhã”, Explica Rogério Pires, CIO da JHSF.

Após avaliar fornecedores e de explorar todas as funcionalidades, requisitos de segurança, confiabilidade e custo x benefício, a escolhida foi a Think About IT. "Agora todos os arquivos modificados são enviados diariamente, na madrugada, para o backup, que fica na nuvem”, adiciona o executivo.

A primeira unidade de negócio beneficiada com a solução de backup as a service - cópia de segurança contratada no modelo como serviço -, foi a de Salvador. De acordo com Alexandre Azevedo, vice-presidente de novos negócios, da Think About IT, a implementação foi rápida - em três dias o processo já estava sendo executado em cloud computing. “O rollout para as demais unidades está baseado em um cronograma estabelecido junto ao cliente”, afirma.

Antes da modernização

Nas unidades de negócios mantidas fora de São Paulo os arquivos eram copiados do servidor para um robô, que recebia a fita de gravação. O processo era lento, com custos de equipamentos e troca das fitas. Existia, ainda, o custo da guarda e armazenamento das mídias em lugar apropriado, por alguns anos.

Atualmente, a JHSF, que já tem a cultura de utilizar cloud computing, quer intensificar o uso dessa tecnologia para manter o foco cada vez mais voltado à atividade-fim. Nesse sentido, incentivada pela implementação da Think About IT, a equipe de TI avalia algumas iniciativas. “Estamos estudando a adoção de um site de disaster recovery (DR) e migrar mais algumas aplicações para a nuvem”, completa Pires.