Home  >  Plataformas

Dynamics 365 Remote Assist finalmente torna o HoloLens útil para todos

A Microsoft anunciou novos aplicativos que aproveitam o dispositivo

Mark Hackman - PCWorld (EUA)

20/09/2018 às 10h51

Foto: Shutterstock

Em 2015, quando a Microsoft divulgou a primeira edição pública do HoloLens, os gerentes de produto demonstraram o fone de ouvido de realidade aumentada pedindo aos usuários que religassem um interruptor de luz real, ao vivo, guiado por um profissional remoto. Três anos depois, a Microsoft finalmente comercializou essa demonstração com uma versão do Microsoft Dynamics habilitada para HoloLens.

Agora, a empresa está comercializando dois aplicativos Dynamics com HoloLens: Dynamics 365 Remote Assist, que permite que um visualizador remoto auxilie um funcionário de linha de frente e o Dynamics 365 Layout, que usa as habilidades de mapeamento espacial HoloLens para ajudar a projetar um espaço de varejo ou fábrica.

O Remote Assist funciona da seguinte maneira: imagine construir um PC usando um HoloLens, mas você esqueceu de inserir a memória com o espaçamento adequado ou algum outro erro. Ele permite que um técnico de suporte remoto veja o que você vê no seu HoloLens, com a capacidade de destacar o que você deve fazer. Além disso, o assistente remoto pode usar o Skype para dizer para você apertar os parafusos adequados, por exemplo, ou não misturar pastas do CPU.

Ainda que provavelmente somente técnicos de campo usem a ferramenta dessa forma – como a Chevron, que comprou 100 headseats HoloLens para seus técnicos -, a Microsoft finalmente encontrou um uso prático imediato e de fácil compreensão para o HoloLens. Essa é a melhor notícia para o HoloLens em anos.

Assistência remota

Embora os técnicos de campo possam ter experiência no trabalho, um trabalhador mais experiente pode estar a muitos quilômetros de distância. Usando o HoloLens com o Dynamics 365 Remote Assist, uma chamada de suporte escalada pode ser resolvida usando realidade aumentada para dizer ao técnico de campo exatamente o que fazer, em vez de passar pelo demorado exercício de descrever o problema, disse Lorraine Bardeen, gerente geral do Microsoft Mixed Reality at Work.

Há alguns problemas, explicou Bardeen em uma entrevista. O HoloLens requer Wi-Fi, portanto, uma conexão LTE direta não funcionará. Mas alguns clientes estão implantando o HoloLens como parte essencial de um contrato de suporte: se houver um problema no campo, o cliente pode usar o HoloLens e o engenheiro remoto pode guiá-lo pela solução.

O Dynamics 365 Layout, por outro lado, usa o HoloLens para “escanear” a área física ao seu redor. Para um jogo como o RoboRaid, o HoloLens “sabe” onde estão as paredes e mobília ao redor, e pode convocar inimigos robóticos para disparar raios de energia. Para isso, os clientes da Microsoft criarão modelos 3D de máquinas, carteiras e outros objetos e, em seguida, usarão o Layout para colocá-los em um piso de fábrica, escritório ou espaço comercial. A ideia é poder usá-los para organizar um fluxo de trabalho físico ou mapear uma experiência do cliente no espaço virtual.

Novamente, há algumas limitações: o HoloLens da Microsoft mapeia apenas uma pequena área de cada vez, para que os clientes possam ter que ir de “célula” para “célula” de um determinado espaço. Mas eles podem juntar os dois e cada célula permanecerá na nuvem da Microsoft, pronta para ser editada ou ajustada no futuro.

Deixe uma resposta