Home  >  Inovação

Qualcomm inaugura centro de IoT no Brasil

Localizada no interior de São Paulo, iniciativa conta com projeto-piloto voltado à inovação e contribui para a formação de profissionais da área

Da Redação

18/09/2018 às 16h24

IoT
Foto: Shutterstock

A Qualcomm inaugurou nesta terça-feira (18/9) a inauguração do primeiro centro de referência em internet das coisas (IoT) no Brasil.

A Facens (Faculdade de Engenharia, Tecnologia em Jogos Digitais e Arquitetura e Urbanismo de Sorocaba – SP) e o CPqD foram as instituições selecionadas para colaborar com o projeto, que tem por objetivo contribuir para a inovação no país.

O Centro de Referência está localizado dentro do Smart Campus da Facens, em Sorocaba (SP), e terá o apoio do CPqD em seu primeiro projeto-piloto, focado no aprimoramento da segurança pública.

Segundo a empresa, a iniciativa fará o monitoramento de veículos por meio do uso de visão computacional embarcada e redes wireless para IoT.

Rafael Steinhauser, Vice Presidente Sênior da Qualcomm Serviços de Telecomunicações e Presidente da Qualcomm para América Latina, comenta que a IoT tem um enorme potencial no Brasil. "O Qualcomm IoT Reference Center é uma plataforma de diálogo entre distintos atores ligados à tecnologia, como fabricantes, desenvolvedores e gestores públicos, e contribuirá para a capacitação de profissionais que estejam envolvidos em projetos e negócios de IoT", comenta.

Treinamentos

Além de apoiar o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras, o Qualcomm IoT Reference Center oferecerá treinamentos e, entre seus primeiros projetos, apresentará o conceito de cidades inteligentes e seus benefícios para gestores públicos interessados em iniciativas ligadas à IoT. “A ideia é mobilizar a todos e capacitar mão de obra para trabalhar com a internet das coisas e outras tecnologias disruptivas. Temos em vista o Plano Nacional de IoT, que prevê que a aplicação de tecnologias de internet das coisas pode gerar um impacto econômico de US$ 50 a 200 bilhões por ano até 2025, o que representa cerca de 10% do PIB do país”, afirma José Palazzi, diretor de vendas da Qualcomm para América Latina.

Deixe uma resposta