Home  >  Negócios

Lojas físicas: 3 maneiras criativas para uso de tecnologias

Realidade aumentada é uma das opções viáveis para modernizar lojas

Da Redação

17/09/2018 às 18h02

Lojas físicas 3 maneiras criativas para uso de tecnologias
Foto: Shutterstock

Legenda: Lojas físicas 3 maneiras criativas para uso de tecnologias

O crescimento do e-commerce, aliado à mudança de comportamento dos consumidores, tem obrigado lojas físicas a se reinventarem.

Para isso, buscam maneiras criativas de competir com as lojas virtuais, de forma que a clientela não seja totalmente perdida para o mundo digital.

A tecnologia é uma importante aliada para pensar em ideias criarivas e proporcionar ao cliente uma experiência inovadora. A Arquitetude, escritório de arquitetura e projetos, lista três formas criativas para utilizar a tecnologia em lojas. Confira:

Manequins virtuais

Já pensou se quando você retirasse um cabide da arara aquele modelo de roupa aparecesse em uma tela virtual mostrando combinações diferentes para usar aquela peça? Incrível, não é? Isso já é uma realidade no exterior.

Manequins virtuais também podem ser utilizados na entrada das lojas para dar as boas-vindas aos clientes e oferecer promoções para os usuários baseando-se no sexo deles, por exemplo. Essa tecnologia pode ser ativada por meio da detecção de calor, looping contínuo com funcionalidade interativa ou sensor de movimento.

Realidade aumentada

Com essa tecnologia, o cliente pode pedir conselhos de amigos sobre a loja, ver depoimentos na internet, diferentes cores para as peças, etc. A realidade aumentada é uma chance incrível de tornar a experiência da loja mais divertida e moderna usando um dispositivo tão comum hoje em dia que é o celular.

Redes sociais

Se estão tão presentes nas estratégias de marketing das empresas, as redes sociais não poderiam ficar de fora desta lista. Existem lojas que estão fazendo uma divulgação diferentes das peças, colocando nas prateleiras itens que receberam muitos likes nas mídias sociais. A C&A mesmo já fez isso em uma ação do Dia das Mães, mostrando em visores eletrônicos nos cabides quantas curtidas as peças tiveram na página da empresa no Facebook.

Deixe uma resposta