Home  >  Negócios

Lenovo e NetApp acirram disputa com Dell EMC e HPE no mercado de storage

Empresas firmam parceria e lançam produtos para armazenamento flash

Marc Ferranti – Networld World

17/09/2018 às 18h56

data center servidores
Foto: Shutterstock

A aliança firmada entre Lenovo e NetApp em storage, somada a uma série de produtos de flash híbridos anunciados, colocam as empresas em posição forte contra as rivais Dell EMC e HPE no quesito soluções para data center.

As ofertas de armazenamento incluem duas famílias, subdivididas em produtos all-fash e híbridos-flash, desenvolvidos em conjunto por Lenovo e NetApp e, agora, disponíveis em todo o mundo. Vários dos produtos suportam NVMe (memória não volátil expressa), o protocolo de comunicações extremamente rápido capaz de mover dados para SSDs por meio do padrão de barramento PCIe. Os SSDs NVMe são projetados para fornecer melhorias de velocidade em relação aos SSDs anteriores.

As companhias dizem que estão comprometidas em trabalhar em conjunto, não só no lado das vendas, mas também no desenvolvimento de produtos. A joint venture foi formada para fornecer soluções de gerenciamento de dados e produtos de armazenamento localizados para os requisitos exclusivos da China e ecossistema de nuvem distinto.

Novos negócios

Embora a Lenovo tenha linhas de SAN (storage-attached network), DAS (armazenamento de conexão direta) e produtos de armazenamento em fita, ela não é realmente um player no mercado de armazenamento e, portanto, não fazia frente à Dell EMC e HPE como fornecedor de hardware e armazenamento.

"A Lenovo é a última das grandes empresas de hardware pura, sem muito armazenamento externo", comenta Ashish Nadkarni, analista da IDC. "Eles se encontram na mesma posição da Dell ou da HP há muito tempo, e essa é a tentativa de mudar essa equação para que eles possam competir com seus concorrentes."

Com o tempo, tanto a Dell quanto a HP aumentaram seus portfólios por meio de uma série de aquisições, como a compra da EMC pela Dell e a compra da Nimble Storage pela HPE.

Agora, a Lenovo pode oferecer storage do líder de armazenamento flash junto com seu amplo portfólio de servidores. Isso ajudará a empresa a dar um passo adiante. Hoje, eles estão empatados em terceiro lugar com a IBM em vendas de servidores.

"Vamos deixar de atender a 15% do mercado total de armazenamento para 90% do mercado de armazenamento", disse Kirk Skaugen, presidente do grupo de data center da Lenovo.

Vendas de servidores Lenovo saltam

Tanto a Lenovo quanto a NetApp tiveram um bom ano. Os resultados de 2018 da Lenovo incluem 20 milhões de servidores embarcados, ajudando a responder por 48,6% de crescimento ano a ano nas remessas globais de servidores, disse Skaugen.

Enquanto isso, a NetApp é a segunda maior em armazenamento externo (atrás somente da Dell EMC) e líder em armazenamento totalmente em flash, a parte que cresce rapidamente no mercado de armazenamento. No segundo trimestre deste ano, o mercado "all flash array" saltou 41,7% ano a ano, chegando a US$ 2,0 bilhões, enquanto o flash array híbrido  subiu 20,8%, para US$ 2,6 bilhões, segundo a IDC.

"Esta parceria reúne duas empresas em um tremendo momento. Além disso, o armazenamento em flash só aumentará quando os preços caírem", comenta Brad Anderson, gerente geral da unidade de negócios de infraestrutura em nuvem da NetApp.

A demanda por flash também está destinada a aumentar à medida que as empresas coletam mais dados de clientes por meio de aplicativos móveis e na nuvem, incluindo serviços de vídeo. A capacidade do Flash de gravar e executar rapidamente operações é essencial.

Possível fusão?

A grande questão que paira sobre a parceria é se as empresas estão caminhando para uma fusão, e se a Lenovo, com suas raízes chinesas, enfrentaria os reguladores dos EUA se tentasse adquirir a NetApp neste momento. Os executivos da empresa se recusaram a dizer se, no final das contas, eles iriam em direção a uma aquisição, dizendo que estão focados em obter produtos lançados globalmente e oferecer compensação e incentivos para evitar conflitos de canal.

Deixe uma resposta